Diabetes: saiba mais sobre a doença

Embora 4% da população mundial seja portadora de diabetes, cerca de 246 milhões de pessoas, poucos sabem de fato do que se trata.

O Diabetes é a elevação da glicose (transformação da comida em açúcar) no sangue, que ocorre quando há a falta de insulina, pois o pâncreas não é capaz de produzir o hormônio em quantidade necessária para as necessidades do corpo, e/ou da incapacidade dela em exercer seus efeitos de modo adequado.

Essa doença pode se manifestar de três maneiras:

– Tipo 1: por conta de um defeito do sistema imunológico, que faz com que os anticorpos ataquem as células que produzem a insulina, o pâncreas perde sua capacidade de produzi-la. Os portadores desse tipo precisam manter a quantidade normal de glicose no sangue, por isso a recomendação nestes casos é tomar injeções diárias de insulina.

– Tipo 2: decorrente da diminuição da secreção de insulina e de um defeito em sua ação, denominado como resistência à insulina, esse tipo pode ser tratado com medicamentos injetáveis ou orais.

Diabetes Gestacional: é quando o organismo das gestantes aumenta sua resistência à ação da insulina, o que leva ao aumento dos níveis de glicose no sangue.

Sintomas

 O Diabetes é considerado uma doença “silenciosa”, já que muitas pessoas não apresentam sintomas antes de serem diagnosticadas. Os primeiros sinais podem ser: frequência ao urinar; ter muita sede; perda de peso de modo fácil; visão turva; ter pele seca e que coça; perda da sensibilidade nos pés e senti-los formigando; sentir muita fome ou cansaço; e ter feridas que demoram para cicatrizar.

O primeiro passo para se certificar de que é portador da doença é fazer o exame de glicose, um teste de sangue que mostra a taxa de glicose na corrente sanguínea.

Cuidados

Após descobrir a doença, o tratamento ideal do Diabetes é o controle da glicemia e a manutenção de hábitos saudáveis.

Todos os portadores, independentemente do tipo, necessitam fazer o autoexame de teste glicêmico, que podem ser checados, em casa, com tiras reagentes para verificar o índice de glicose. Os produtos da marca Accu-Chek são recomendados para ajudar no gerenciamento do Diabetes

É bom lembrar que o monitoramento da glicemia deve ser feito em diferentes momentos do dia: em jejum, antes e após duas horas das principais refeições (café da manhã, almoço e jantar), antes de deitar e, se possível, no meio da madrugada.

A atividade física também contribui no tratamento do diabetes, pois auxilia na redução dos riscos de ganho de peso. No entanto, os portadores sempre devem conversar com seu médico sobre quais são os melhores exercícios, a mais adequada dieta alimentar e os tipos de aparelho mais recomendados para realizar os autoexames.


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Posts Similares