quinta-feira, fevereiro 25, 2021

10 Fatos sobre o colesterol que você precisa saber

Apesar de ser um assunto bastante comum e que gera grandes discussões, nem sempre são faladas todas as verdades sobre o colesterol e a gordura no sangue. Isso porque muitas pessoas acreditam que trata-se de uma substância que faz mal à saúde e que vem principalmente da gordura animal. Mas existem pelo menos 10 fatos que você precisa saber sobre o colesterol que ninguém nunca te contou.

O colesterol é um lipídio produzido pelo fígado a partir dos alimentos que ingerimos. Isso quer dizer que quanto mais alimentos que estimulam a produção de LDL consumimos, maiores serão os níveis de colesterol ruim no sangue.

O mesmo acontece com o HDL, colesterol bom, que também é aumentado no organismo quando consumimos alimentos como abacate, amendoim e azeite de oliva.

Confira a seguir 10 fatos que você precisa saber sobre o colesterol para se prevenir e evitar riscos mais graves de saúde!

10 fatos que você precisa saber sobre o colesterol

1- O colesterol LDL e HDL são diferentes

O colesterol alto nem sempre significa uma coisa ruim, já que quando os níveis de HDL estão acima do indicado, significa que as artérias do paciente estão protegidas.

o colesterol bom encontrado no abacate é diferente do LDL, que acumula nas artérias
o colesterol bom encontrado no abacate é diferente do LDL, que acumula nas artérias

Isso porque o HDL é o colesterol bom, que age limpando as artérias e diminuindo os níveis de LDL, que por sua vez leva a gordura até o fígado e forma as placas de gordura nas veias sanguíneas.

2- O colesterol é necessário para a manutenção do organismo

O colesterol faz parte da estrutura celular do cérebro, músculos, nervos, fígado, intestino, pele e até coração. Além disso, a gordura ainda age na formação de hormônios de vitamina D e ácidos biliares, e sem ele esses sistemas não funcionam corretamente.

3- O LDL alto causa a maior parte dos infartos e AVC

O excesso de LDL no sangue está associado ao risco de desenvolver problemas cardíacos. Isso quer dizer que pacientes que estão com colesterol total alto devem investigar se trata-se de um descontrole do LDL ou HDL.

Caso o aumento venha do HDL não é preciso realizar nenhum tratamento. Porém, no caso do LDL é necessário mudar o estilo de vida e procurar ajuda profissional.

Leia também Como tratar colesterol alto

4- O excesso de colesterol pode ter causa genética

Além da má alimentação, o colesterol também pode ser um problema genético. Isso porque apenas 30% do colesterol no sangue vem da alimentação, enquanto 70% vem do fígado.

Isso significa que depois de ser produzido pelo fígado e passar pelo sangue, o colesterol volta para o fígado para ser removido do organismo. 

Em casos de pessoas que nascem com problemas genéticos no órgão, esse colesterol continua no organismo, fazendo com que seja necessário ingerir medicamentos para controlar o quadro, uma vez que manter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas não ajuda a melhorar o problema.

5- Não são apenas os obesos que têm colesterol alto

As pessoas magras também podem sofrer com colesterol alto, já que o paciente pode ser portador de uma deficiência genética no fígado. Com isso, o colesterol não é removido do organismo e acaba se acumulando nas artérias.

apesar dos obesos serem mais propensos ao desenvolvimento do colesterol alto, pessoas magras também pode sofrer com o acúmulo de gordura nas artérias
apesar dos obesos serem mais propensos ao desenvolvimento do colesterol alto, pessoas magras também pode sofrer com o acúmulo de gordura nas artérias

Sabe-se que quanto mais próximo um familiar que tem colesterol alto, maiores as chances de desenvolvimento do quadro.

6- Além do colesterol também é importante controlar as doenças crônicas

As placas de gordura podem levar anos para se desenvolver e então desencadear problemas como infarto e AVC. Porém, doenças crônicas como hipertensão, diabetes e condições de saúde como fumar e excesso de peso também contribuem para a piora do quadro do colesterol alto e aumentam relativamente os riscos de doenças cardiovasculares mais sérias.

7- Manter uma vida saudável ajuda a reduzir os níveis de colesterol 

Apesar de grande parte do colesterol vir do fígado, quanto mais alimentos ricos em gorduras saturadas e hidrogenadas consumimos, mais colesterol nosso organismo produz. Isso quer dizer que consumir alimentos frescos e naturais como frutas, verduras e vegetais é importante para quem deseja controlar o colesterol ruim e aumentar o colesterol bom.

Junto a isso, também é essencial manter uma prática regular de atividades físicas, já que os exercícios ajudam na produção de HDL, colesterol bom que ajuda na limpeza das artérias removendo as placas de gordura.

Alguns alimentos que devem ser evitados para controlar o colesterol são:

  • carnes gordurosas;
  • queijos amarelos;
  • creme de leite;
  • manteiga;
  • margarina;
  • óleo de soja, canola e girassol;
  • doces.

8- Todas as pessoas acima de 10 anos deve ficar de olho no colesterol

É muito difícil crianças menores de 10 anos apresentarem casos de colesterol alto, apesar de atualmente ser cada vez mais frequente se levarmos em conta que as crianças começaram a se alimentar cada vez mais com industrializados e fast food.

Depois dessa idade, porém, é essencial manter uma rotina de exames anuais para ficar de olho no colesterol e verificar possíveis desregulações.

9- O tratamento deve ser permanente

Mais do que tratar o colesterol, é essencial se prevenir do problema e manter uma rotina saudável. Afinal, o tratamento preventivo não somente evita que os níveis de gordura no sangue subam, como também evita o desenvolvimento de problemas do coração que muitas vezes podem não ter cura.

10- Tratar o colesterol reduz a mortalidade do paciente

Mudar os hábitos comportamentais e alimentares, e usar os medicamentos indicados pelo especialista pode reduzir a mortalidade em mais de 50%, já que a cada redução de  40 mg/dL dos níveis de LDL diminui-se cerca de 20% da mortalidade do paciente por infarto. Isso também significa que quanto mais alto o colesterol, maior orisco de sofrer uma parada cardíaca.

manter uma alimentação saudável ajuda na prevenção e tratamento a longo prazo do colesterol alto
manter uma alimentação saudável ajuda na prevenção e tratamento a longo prazo do colesterol alto

Depois de aprender 10 fatos sobre o colesterol que você precisava saber, não deixe de buscar ajuda médica caso mantenha uma alimentação rica em gorduras e tenha quadros de colesterol alto na família. Somente um especialista saberá analisar o seu quadro e identificar o tratamento ideal para controlar o caso.

Colesterol e Trigliceres é coisa séria

Tanto o colesterol quanto o trigliceres são doenças sérias, que podem ser tratadas mas precisam de atenção.

Em grandes quantidades, ambos representam perigo para a saúde, especialmente na parte cardiovascular, pois provocam um acúmulo de gordura nas paredes das artérias, levando a possíveis complicações graves que vão desde esteatose hepática, pancreatite até infarto e o derrame cerebral (AVC).

Se você precisar e tiver recomendação médica, a Farmadelivery lhe auxilia oferecendo os melhores preços de remédios para colesterol e trigliceris, confira!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

*

- Advertisment -

Most Popular

O que é colesterol? Conheça os tipos e quais sintomas cada um deles pode causar

O colesterol é conhecido especialmente por causar um acúmulo de gordura nas artérias e contribuir para que os pacientes sofram problemas sérios...

BCAA Black Skull: Para que serve, como tomar e onde achar

Muitas pessoas que buscam pelo BCAA Black Skull para, principalmente, alcançar o ganho de massa muscular. O problema, entretanto, é a grande...

Creatina Black Skull: Para que serve, como usar e qual o preço

A creatina Black Skull vem sendo muito procurada nos últimos tempos, bem como diversos outros suplementos. O motivo para isso é a...

Whey Black Skull: O que é, como funciona e onde comprar

Na hora de buscar por suplementos alimentares, o Whey Black Skull é o primeiro que vem à cabeça. Como arca respeitada que...