Gripe e Resfriado – entenda a diferença

0
536
homem com febre e dor de cabeça
Febre alta e dor de cabeça são exemplos de sintomas da gripe

A gripe e resfriado são duas doenças infecciosas com sintomas semelhantes e maior incidência em estações mais frias. No entanto, ambas contam com algumas diferenças, principalmente no que diz respeito ao agente infeccioso de cada uma delas. Essas semelhanças, porém, fazem com que seja bastante comum que pacientes confundam as duas doenças antes de buscar ajuda médica.

Enquanto o resfriado possui sintomas mais amenos, a gripe pode ser mais severa e ter uma duração mais longa. Além disso, é importante lembrar que as duas doenças não possuem uma relação entre si, e a vacina contra gripe não auxilia na prevenção do resfriado, já que a vacinação é destinada apenas para o vírus influenza.

Para que você consiga identificar melhor qual o seu quadro antes de procurar um especialista, veja a seguir qual é a diferença entre a gripe e resfriado!

Qual a diferença entre gripe e resfriado

Gripe

A gripe é uma doença causada pelo vírus influenza, que pode ser dividido em 3 grupos: A, B e C. De modo geral, possui sintomas mais intensos em comparação com o resfriado, que tendem a durar até 7 dias, como por exemplo:

Cupom de Desconto Farmadelivery
  • febre;
  • tosse
  • coriza;
  • constipação;
  • dor na garganta.
a gripe possui sintomas mais severos e pode progredir para complicações como pneumonia
a gripe possui sintomas mais severos e pode progredir para complicações como pneumonia

Por ser uma infecção mais forte, a gripe pode evoluir para complicações como a pneumonia em pacientes idosos, grávidas e que possuem doenças crônicas.

Transmissão da gripe

A gripe é transmitida de forma indireta por meio das secreções das vias respiratórias. Ou seja, quando um paciente gripado espirra, tosse ou fala perto de uma pessoa, sua saliva contaminada pelo vírus pode infectar o indivíduo saudável se entrar em contato com as mucosas do nariz, boca e olhos.

Além disso, a transmissão pode ser feita por meio de maçanetas e objetos, sendo extremamente importante lavar sempre as mãos e evitar colocá-las na boca, olhos e nariz enquanto estiver fora de casa.

Isso porque o vírus influenza sobrevive em uma superfície por até 8 horas, aumentando ainda mais as chances de contágio de outras pessoas.

Como é feito o tratamento da gripe?

Como não existem medicamentos que combatam o vírus influenza, o tratamento da gripe é feito para amenizar os sintomas. Para isso, a recomendação é a ingestão de pelo menos 2l de água por dia, alimentos ricos em vitamina C e medicamentos para aliviar dores e febre.

Resfriado

Embora parecido com a gripe, o resfriado possui sintomas mais leves e com menor duração, entre 2 a 4 dias. Os mais comuns são:

  • espirros frequentes;
  • tosse;
  • coriza;
  • congestão nasal;
  • dor de garganta leve. 
o resfriado possui sintomas mais leves como espirros e febre fraca, e não costuma causar mal-estar geral como acontece com a gripe
o resfriado possui sintomas mais leves como espirros e febre fraca, e não costuma causar mal-estar geral como acontece com a gripe

Além do mais, há também uma diferença em relação ao agente infeccioso, que no caso dos resfriados o mais comum é o vírus rhinovírus.

Transmissão do resfriado

A transmissão do resfriado é bastante semelhante à da gripe, tendo em vista que ambas as doenças são virais. Porém, a tendência é que os resfriados sejam transmitidos com menor frequência, já que os sintomas são mais leves.

Existe uma vacina para resfriado?

Diferente das gripes, não existe nenhum vacina para a prevenção de resfriados, e é fundamental que a prevenção seja feita por meio de mudança de hábitos e cuidados básicos de higiene.

Como fazer a prevenção da gripe e resfriado?

Lave as mãos com mais frequência

Fazer a higiene das mãos com mais frequência é fundamental para evitar que o vírus entre em contato com as mucosas e atinja o organismo. Afinal, por sobreviver durante algumas horas em superfícies, a tendência é que a infecção seja feita por meio de maçanetas e objetos de uso público frequentemente.

lavar as mãos com frequência evita que você tenha contato por meio das mucosas com o vírus
lavar as mãos com frequência evita que você tenha contato por meio das mucosas com o vírus

Evite contato com pessoas doentes

Por serem consideradas doenças de fácil contágio, você deve, sempre que possível, evitar o contato com pacientes infectados pelos vírus. Evite apertos de mãos, abraços, e compartilhamento de objetos de uso pessoal como talheres, copos e até mesmo celulares.

Mantenha os ambientes arejados

Um dos grandes motivos que fazem que essas doenças ocorram em picos no inverno se dá ao hábito de mantermos os ambientes mais fechados devido às baixas temperaturas nessa época do ano. Dessa forma, é importante manter os ambientes sempre bem arejados para evitar que o vírus se aloje no ambiente e contamine os indivíduos que estão diariamente nesses locais.

Tome sol

O sol é a fonte mais rica da natureza em vitamina D, nutriente essencial para o fortalecimento do sistema imunológico. Sabendo disso, é essencial ficar pelo menos 10 minutos ao sol todos os dias me horários antes das 10h da manhã e depois das 4h da tarde. 

Além disso, lembre-se de não usar protetor solar durante esse período, já que o produto atrapalha a absorção do nutriente pelo organismo. 

Beba pelo menos 2l de água por dia

A água traz diversos benefícios para o organismo, principalmente em questões de prevenção de doenças. Isso acontece porque quando consumimos pelo menos 2l de água por dia, nosso organismo mantem-se hidratado. Com isso, as mucosas como boca, nariz e olhos estão sempre úmidas e agem como um filtro de barreira para combater vírus e bactérias.

Aumente a ingestão de alimentos com vitamina C

Os alimentos ricos em vitamina C como a laranja, rúcula, batata, acerola, limão e kiwi, por exemplo, auxiliam na prevenção de gripes e resfriados por aumentar a imunidade. Isso faz com que o corpo esteja mais preparado para combater os vírus que possam entrar em contato com o nosso organismo de forma mais eficiente. Como consequência, as chances de contrair doenças como a gripe e resfriado seja menor.

as frutas cítricas como a laranja são ricas em vitamina C, e contribuem para a prevenção de gripes e resfriados por fortalecer o sistema imune
as frutas cítricas como a laranja são ricas em vitamina C, e contribuem para a prevenção de gripes e resfriados por fortalecer o sistema imune

Leia também As melhores vitaminas para aumentar imunidade

Agora que você aprendeu qual a diferença entre gripe e resfriado, não deixe de tomar os cuidados para se prevenir dessas doenças. Além dos cuidados, é essencial buscar ajuda médica para o tratamento dos sintomas, que no caso da gripe pode se agravar quando não tratada corretamente. Caso você faça parte do grupo de risco, também é importante se vacinar em todas as campanhas para se prevenir dessas infecções de uma maneira mais eficaz.

Veja as ofertas de medicamentos para gripe e resfriado na Farmadelivery!