segunda-feira, março 1, 2021

Como funciona a alergia no corpo e quais são os principais sintomas?

A alergia é uma condição em que nosso corpo emite uma resposta exagerada quando entra em contato com agentes externos que são interpretados como uma ameaça pelo sistema imunológico, o que também pode ser chamado de hipersensibilidade. Porém, muitas pessoas têm dúvidas de como funciona a alergia no corpo e como conseguir identificá-la.

As alergias se dividem em grupos, podendo se precipitar como alergia de pele, alergia alimentar, alergia medicamentosa, alergia ocular e alergia respiratória. Porém, em cada caso o paciente acaba desenvolvendo sintomas específicos, de acordo com o quadro alérgico.

Veja a seguir quais os tipos mais comuns de alergias e como elas reagem no organismo.

Como funciona a alergia no corpo e quais os tipos de alergia

Alergia respiratória

Rinite e Asma

As alergias respiratórios são doenças inflamatórios crônicas que atingem as vias respiratórias, sendo as mais comuns rinite alérgica e asma. Na asma, a alergia se manifesta por meio de crises de falta de ar, chiado no peito e tosse. Sabe-se que aproximadamente 80% dos pacientes asmáticos também são portadores de rinite.

a asma é uma alergia respiratória que causam falta de ar e chiado no peito
a asma é uma alergia respiratória que causam falta de ar e chiado no peito

Os agentes que normalmente desencadeiam a asma são, na maior parte dos casos:

  • odores fortes;
  • mudanças de temperatura;
  • poeiras;
  • baratas;
  • pelos de animais;
  • pólens.

Já a rinite alérgica se manifesta por crises de espirro repetidos, coriza, coceira no nariz, garganta, olhos e ouvidos, congestão nasal e olhos irritados e vermelhos.

Alergia a ácaros

As alergias respiratórias também podem ser desencadeada por ácaros, que nada mais são do que seres não visíveis a olho nu que possuem fezes altamente alergênicas. Os ácaros se alimentam de fungos, pele descamada e outras substâncias ricas em proteína, e normalmente são encontrados em colchões, tapetes, brinquedos de pelúcia e carpetes.

Alergia a fungos

As alergias a fungos também acabam desencadeando crises respiratórias como espirros e tosses, e normalmente são encontrados suspensos no ar e em ambiente fechados como porões, armários, malas e sótãos.

Alergias de pele

Também chamadas de alergias dermatológicas, as alergias de pele são alergias que se precipitam como urticárias, dermatite atópica, dermatite de contato, angioedema e estrófulo (alergia a picadas de pulgas e mosquitos).

as alergias de pele são desencadeada por picadas de insetos ou contato com agentes alérgenos
as alergias de pele são desencadeada por picadas de insetos ou contato com agentes alérgenos

Dermatite atópica

As manifestações da dermatite atópica acontecem quando o paciente reage exageradamente a determinados agentes externos. Normalmente surgem eczemas, coceira intensa e pele seca.

Dermatite de contato

Já na dermatite de contato as reações acontecem apenas no local em que a pele teve contato com o agente alérgeno, como por exemplo ao detergente ou a água sanitária. É caracterizada por lesões na região irritada que pode ou não acompanhar coceira.

Urticária

Já a urticária pode ser desencadeada por alimentos, picadas de inseto, medicamentos, infecções e doenças auto-imunes. Nesses casos, formam-se lesões em forma de placas avermelhadas com coceira intensa, que variam de localização e duram apenas horas.

Alergias alimentares

Já nas alergias alimentares as reações são adversas e de origem não-alérgica como diarreia e vômito, por exemplo. Também entende-se como alergia alimentar as intolerâncias como à lactose ou ao glúten.

o ovo é um dos alimentos que mais causam alergias alimentares, principalmente em bebês
o ovo é um dos alimentos que mais causam alergias alimentares, principalmente em bebês

Nesses casos, quando indivíduo ingere algum tipo de alimento que possui alergia, seu sistema imunológico responde de forma exagerada e anormal, independente da quantidade do alimento que tenha sido ingerida, causando sintomas como urticária, vômitos, diarreia e em casos mais graves anafilaxia.

Os alimentos que mais tendem a causar alergia são:

  • ovo;
  • amendoim;
  • soja;
  • leite de vaca;
  • peixes;
  • frutos do mar;
  • nozes.

Alergia medicamentosa

Nos casos das alergias medicamentosa, o organismo reage de forma adversa com doses terapêuticas usadas para tratar alguma condição de saúde previamente diagnosticada.

Nesse tipo de alergia, as reações adversas aos medicamentos são imprevisíveis, podendo variar de acordo com cada indivíduo e agente alérgeno.

Isso porque o sistema imunológico interpreta o medicamento como uma substância que pode causar dano ao corpo e começa atacá-lo. Quando a ingestão é feita pela primeira vez, um anticorpo específico é acionado, para que na segunda ingestão ocorra uma manifestação clínica.

Alergia ocular

Uma alergia ocular bastante comum é a conjuntivite, que é causada por uma reação de hipersensibilidade tipo I e que se relaciona com a exposição direta ao agente causador da alergia.

Como fazer a prevenção das alergias

Na maioria dos casos, é impossível prevenir certas alergias como as alimentares e medicamentosas, a menos que se saiba que determinado alimento ou agente presente no medicamento é alergênico para o paciente.

Porém, principalmente em casos de alergias respiratórias, alguns cuidados podem ser tomados para evitar crises frequentes, como por exemplo:

Ventilação

A recomendação é manter as janelas abertas durante o dia para que o ambiente esteja sempre arejado, evitando-se assim o acúmulo de fungos pelo ar. 

Móveis

Opte por móveis simples com bordas lisas que não juntem muita poeira, o que além de facilitar a limpeza evita que a sujeira se acúmule com facilidade.

Limpeza

A limpeza dos ambientes deve ser diária com pano úmido, sabão e água, além de produtos de limpeza adequados para remover a poeira e os microrganismos do local.

o aspirador é uma maneira simples de limpar a poeira sem fazer com que ela suba para o ar, evitando uma piora na alergia respiratória
o aspirador é uma maneira simples de limpar a poeira sem fazer com que ela suba para o ar, evitando uma piora na alergia respiratória

Evite porém produtos com odor muito forte ou derivados de amoníacos. Também é recomendado evitar o uso de vassouras e espanadores, ou então aspiradores que não tenham filtros, já que isso fará com que a poeira suba para o ar.

Não se esqueça também de limpar os ventiladores e ares-condicionado.

Colchões e travesseiros

É indicado trocar os travesseiros uma vez por ano e optar por modelos de espuma inteiriça, evitando penas e flocos.

Além do mais, também recomenda-se que você coloque os colchões, almofadas e travesseiros no sol sempre que possível, o que evita a umidade e combate os ácaros.

As roupas de cama também devem ser trocadas de 1 a 2 vezes na semana, principalmente no verão, estação em que nosso corpo tende a suar mais e deixar o colchão mais úmido.

Cuidados com o armazenamento de roupas

Sempre que tiver roupas guardadas por mais de 1 mês é importante colocá-las na máquina e deixar secando ao sol antes de usar. Afinal, quanto mais tempo uma roupa fica guardada, maiores as chances de ácaros e fungos.

Depois de ver quais os tipos de alergias e como funciona a alergia no corpo, não deixe de consultar um médico caso tenha algum desses sintomas, principalmente se você apresentar quadros de asma e rinite na família. Dessa forma, será mais fácil conseguir o diagnóstico correto e usar os medicamentos adequados para evitar possíveis crises.

Antialérgicos para Tosse e Rinite

Caso a tosse seja alérgica, seu médico pode recomendar a utilização de anti-histamínicos, que ajudam a controlar os sintomas e aliviar os sintomas alérgicos.

Na Farmadelivery você encontra os melhores antialérgicos para tosse e rinite com ótimos preços e promoções!

Remédios para Asma na Farmadelivery

Segundo Drauzio Varella, a Asma é o estreitamento dos brônquios (canais que levam ar aos pulmões) que dificulta a passagem do ar provocando contrações ou broncoespasmos. As crises comprometem a respiração, tornando-a difícil para quem tem principalmentenas crises.

A asma acomete pessoas de qualquer idade. A maioria dos casos, todavia, é diagnosticada na infância e é comum manifestar-se em pessoas de uma mesma família.

A maioria dos pacientes com asma é tratada com dois tipos de medicação: medicação controladora ou de manutenção que serve para prevenir o aparecimento dos sintomas e evitar as crises de asma e a medicação de alívio ou de resgate que serve para aliviar os sintomas quando houver piora da asma. Nunca se automedique, compre seus medicamentos somente com indicação médica.

Encontre na Farmadelivery os melhores remédios para Asma com ótimos preços e promoções!

- Advertisment -

Most Popular

O que não pode comer quem tem pressão alta? 10 alimentos para evitar

A hipertensão é uma condição de saúde em que o paciente sofre uma sobrecarga no coração, fazendo com que ele tenha que...

15 diuréticos naturais contra o inchaço e a retenção hídrica

Os diuréticos são substâncias naturais ou medicamentos que induzem a diurese, um estado em que o organismo começa a produzir e excretar...

O que é colesterol? Conheça os tipos e quais sintomas cada um deles pode causar

O colesterol é conhecido especialmente por causar um acúmulo de gordura nas artérias e contribuir para que os pacientes sofram problemas sérios...

BCAA Black Skull: Para que serve, como tomar e onde achar

Muitas pessoas que buscam pelo BCAA Black Skull para, principalmente, alcançar o ganho de massa muscular. O problema, entretanto, é a grande...