Veja como evitar a dengue e as principais formas de combater a doença.
| |

Como evitar a dengue? Veja como combater a doença.

Com as temperaturas mais elevadas e a maior incidência de chuva, a proliferação do mosquito Aedes aegypt. Com isso, surge a constante dúvida sobre como evitar a dengue e o que deve ser feito para combater a doença.

A dengue é uma doença infecciosa, que pode se manifestar com a presença de sintomas leves ou graves e, em alguns casos, pode causar a morte da pessoa contaminada.

Portanto, é importante reforçar que o combate a doença começa com a conscientização da população sobre as medidas de controle. Sendo assim, nesta matéria você irá conhecer as principais formas de como evitar a dengue. Leia até o final e saiba mais!

Para saber mais, acesse também: Dengue: O que é, quais os sintomas e como evitar?

Como a dengue é transmitida?

A doença é transmitida através da picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti. As picadas acontecem, geralmente nas primeiras horas da manhã ou no final da tarde, principalmente nas pernas, tornozelos ou pés.

O mosquito da dengue possui hábitos diurnos e costumam voar baixo.

Além disso, a sua picada é mais comum durante o verão, sendo recomendado o uso de repelentes no corpo e inseticidas na casa, que reforçam a proteção.

O controle da dengue é feito através do combate a reprodução do mosquito Aedes aegypti.
O controle da dengue é feito através do combate a reprodução do mosquito Aedes aegypti.

Quais os sintomas da dengue?

A doença pode apresentar diversos sintomas, que variam conforme a intensidade da infecção. No entanto, os sintomas mais comuns são:

  • Dor no corpo e nas articulações;
  • Dor de cabeça intensa;
  • Náuseas;
  • Febre acima de 39ºC;
  • Manchas vermelhas no corpo.

No caso de sintomas persistentes, busque a orientação médica para o correto tratamento. Evite a automedicação que, em alguns casos, pode piorar o quadro da doença.



Como evitar a dengue?

A prevenção da dengue é feita com práticas simples que evitam a reprodução do mosquito transmissor. Ou seja, através de pequenas atitudes, você contribui para o controle da proliferação do inseto. Veja a seguir as principais delas:

1. Elimine os focos de água parada

O mosquito transmissor se prolifera em locais com água parada, portanto, deve-se eliminar os focos que proporcionam a reprodução do inseto. Sendo assim, as principais medidas a ser tomadas são:

  • Tampe e limpe as caixas d’água;
  • Deixe garrafas viradas com a boca para baixo;
  • Mantenha lixeiras bem tampadas;
  • Elimine copos plásticos, tampas, latas e outros objetos que possam acumular água;
  • Faça a limpeza de ralos e calhas;
  • Limpe ou preencha pratos de vasos de plantas com areia;
  • Realize a limpeza das tigelas de água para animais.
Eliminar focos de água parada é um dos melhores métodos de como evitar a dengue.
Eliminar focos de água parada, contribui para impedir a proliferação do mosquito.

Especialistas afirmam que, 15 minutos são o suficiente para fazer uma análise eficiente nos ambientes da casa para eliminar qualquer foco de água parada.

2. Fique atento ao ambiente

A prevenção não se limita à nossa casa, é importante estar atento a todos os lugares ao nosso redor. Por isso, ao perceber locais com potencial foco de dengue, entre em contato com as autoridades competentes da sua região para que as medidas necessárias sejam tomadas.

Nestes casos, a Agência Nacional de Vigilância SanitáriaAnvisa disponibiliza em sua plataforma canais de contato para denúncia, ou ainda, você pode ligar para prefeitura da sua cidade.

3. Proteja-se e evite picadas

Existem alguns hábitos que podem te ajudar evitar que o mosquito se aproxime como, por exemplo:

  • Utilize telas nas janelas e mosquiteiros nas camas e berços;
  • Use repelentes, principalmente em áreas expostas como braços, pernas e rosto;
  • Nos casos de surto, utilize calças e blusas de mangas compridas;
  • Evite ambientes com grande concentração de insetos.
Repelentes contribuem para afastar e evitar a contaminação da dengue.
Repelentes contribuem para afastar e evitar a contaminação da dengue.

4. Aplique larvicidas

Em locais com maior probabilidade de foco de reprodução do mosquito, deve-se realizar a aplicação de larvicidas. Ou seja, produtos que eliminam os ovos e as larvas do mosquito.

O tipo da aplicação pode variar conforme a quantidade de larvas do mosquito encontradas. Essas aplicações podem ser:

  • Focal – Aplicação direta de larvicidas nos objetos com água parada;
  • Perifocal – Coloca-se larvicidas com aparelho que solta gotículas de produto químico;
  • Ultrabaixo volume (fumacê) – Emissão de fumaça que ajuda a eliminar as larvas do mosquito, normalmente realizado em casos de surto de dengue.


Note que evitar a dengue não é difícil, mas requer cuidado e cautela de todos. Ou seja, requer uma ação comunitária para que seja mais eficiente.

No site da Farmadelivery, você encontra diversas opções de repelentes que contribuem para o combate a dengue. Clique e aproveite!


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Stories para você

Veja 3  receitas para eliminar catarro
Veja 3 receitas para eliminar catarro
5 doenças comuns do tempo frio.
5 doenças comuns do tempo frio.
Gripe e resfriado: Você sabe quais são as diferenças?
Gripe e resfriado: Você sabe quais são as diferenças?
O que o diabético pode comer sem culpa e sem prejuízo para saúde?
O que o diabético pode comer sem culpa e sem prejuízo para saúde?

Posts Similares