enxaqueca causa e prevenção
|

Enxaqueca: Conheça mais sobre causas e prevenções

Enxaqueca é uma doença que atinge grande parte da população e muitas vezes é considerada  uma simples dor de cabeça.
Acaba sendo por esse motivo ignorada a ida ao médico para um diagnóstico preciso.
 A enxaqueca pode limitar e atrapalhar a qualidade de vida do indivíduo, diminuir o desempenho no trabalho e causar indisposição.
Confira nesse post algumas formas de evitar ou amenizar as crises de enxaqueca.

A palavra enxaqueca vem do árabe (ax-xaquica). Seu sinônimo migrânea, vem do grego  (hêmikraníon), “metade do crânio”.

Outro termo utilizado é cefaleia, que serve para designar qualquer dor de cabeça, nem sempre se refere a  enxaqueca.

enxaqueca causa e prevenção
Em alguns casos a enxaqueca pode afetar apenas um lado da cabeça.

Enxaqueca é um tipo de cefaleia e costuma ser recorrente, podendo ser de moderada a grave e pode durar entre 2h e 48h. Eventualmente, afeta um dos lados da cabeça e em alguns casos pode afetar ambos os lados, além de possuir natureza pulsante.

Tipos de enxaqueca

A enxaqueca pode ser acompanhada de náuseas, vômitos, fotofobia (sensibilidade à luz) e fonofobia (sensibilidade ao som), bem como intolerância a odores.

Existem três tipos de enxaqueca: com aura, sem aura e apenas aura sem cefaleia.

Aura

A aura  é uma disfunção neurológica que costuma anteceder a fase da dor durando de 5 a 60 minutos.

Ocorre gradualmente, não é um caso comum dentre as pessoas que sofrem de enxaqueca. 

É causada por um aumento da atividade dos neurônios responsáveis pela visão com aumento do fluxo sanguíneo.

Logo após esse aumento na atividade dos neurônios, as células ficam inativas e o fluxo de sangue diminui. 

A aura, em resumo, é  o resultado do espalhamento dessa inatividade neuronal.

Enxaqueca causa e prevenção
Aura é quando a pessoa vê pontos escuros, pontos brilhantes, entre outros.

Na maiorias dos casos afeta o aspecto visual, nesse meio tempo a pessoa vê pontos escuros, pontos brilhantes, imagens em ziguezague ou até um lado completamente escuro, surge em uma parte do campo visual e vai se espalhando.

Adormecimento da face e de um lado do corpo é outro sintoma não tão comum quanto os visuais, podendo afetar diretamente a fala com o relaxamento da língua, dificultando a dicção (por exemplo pensar em alguma palavra e acabar falando outra).

Causas da Enxaqueca

Fatores genéticos e ambientais são as principais causas de enxaqueca. Mais da metade dos casos possuem histórico familiar.

Outros fatores que contribuem para crises de enxaqueca são: estresse, ingestão de álcool, falta de alimentação, sono irregular, mudança climática, odores e perfumes, alta luminosidade, menstruação e exercícios em excesso.

Enxaqueca
Além do fator genético, o estresse é uma das causas de crise de enxaqueca.

A maioria dos casos ocorrem nas mulheres com idade entre 35 e 45 anos, a partir dos 45 anos a tendência em mulheres é cair, equilibrando os casos no quesito gênero.

No período infantil há um equilíbrio nos casos entre homem e mulher, porém na fase da puberdade, as mulheres também são mais afetadas.

Esse distúrbio ocasiona alguns problemas econômicos ao indivíduo, como faltas ao trabalho e escola, dia de trabalho improdutivo e procura por serviços médicos.

Alimentação e Enxaqueca

Uma das formas de evitar/prevenir a enxaqueca pode começar de uma maneira simples, como o controle da alimentação. 

Alguns nutrientes presentes na dieta podem ajudar ou atrapalhar as crises de enxaqueca, confira abaixo.

Alimentos que potencializam a enxaqueca

Tartrazina e sulfito

Tartrazina e sulfito estão presentes em corantes e aditivos alimentares podem ocasionar reações alérgicas como: asma, bronquite, rinite, náusea, broncoespasmos, urticária, eczema e dor de cabeça.

Aspartame

Aspartame está presente em adoçantes artificiais e alimentos diets, quando exposto a uma temperatura igual ou maior que 30 graus, transforma alguns de seus componentes em neurotoxinas relacionadas à morte celular.

Enxaqueca causa e prevenção
Aspartame pode contribuir na crise de enxaqueca.

Histamina

Histamina está presente em alimentos fermentados, salsichas, bebidas alcoólicas entre outros.

Está envolvida com quadros de taquicardias, arritmias, variações de pressão sanguínea, aumento de secreções gástricas e isquemia intestinal.

Tiramina

Tiramina está presente em peixes em conserva, levedo de cerveja, vinho tinto, café e alguns tipos de queijo (cheddar).

O excesso de tiramina pode causar um desequilíbrio da pressão arterial e provocar também uma alteração nas reações químicas cerebrais.

Alimentos que evitam a enxaqueca

Vitamina B1 (Tiamina)

A vitamina B1 atua no organismo estimulando o apetite, contribui para o bom funcionamento do sistema nervoso, músculos e coração.

É encontrada comumente em: arroz integral, aveia, amendoim, feijão entre outros.

Vitamina B2 (Riboflavina)

A vitamina B2 ajuda no equilíbrio da pele, metabolismo das enzimas, olhos, células nervosas, entre outras.

É encontrada em: nozes, soja, ovos, brócolis, berinjela, entre outros.

Encaqueca causa e prevenção
Brócolis, soja, ovo, entre outros alimentos possuem vitamina B2.

Vitamina E (Tocoferol)

A vitamina E possui propriedade antioxidante que atua no combate aos radicais livres que geram danos às células do corpo humano.

É encontrada em saladas e legumes.

Magnésio

O magnésio é importante no processo de contração muscular, manutenção de ossos e dentes, transporte de energia e reações enzimáticas.

É encontrado em: banana, uva, couve, espinafre, entre outros.

Ômega 3

O ômega 3 auxilia no controle da pressão arterial, normaliza a circulação sanguínea e o ritmo do coração, melhora o funcionamento das atividades do cérebro e dificulta o desenvolvimento de processos inflamatórios.

É encontrado em: atum, salmão, óleo de canola e azeite.

Para evitar a doença, além do controle da alimentação é recomendado a prática de exercícios físicos e período de sono adequado.

Técnicas de relaxamento também são indicadas como por exemplo a acupuntura. 

Durante as crises de enxaqueca, repouso em quarto escuro e silencioso pode ser o suficiente, já em outros casos, medicamentos e analgésicos podem ser necessários.

Procure sempre o acompanhamento de algum médico para maior eficácia no tratamento, pois sintomas e medicações podem variar de paciente para paciente.

Aqui na Farmadelivery temos uma seção de medicamentos indicados para dor de cabeça e enxaqueca.


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Posts Similares