Mulher escovando oc cabelos, com alguns fios que caíram na mão.
|

Queda de Cabelo – Quais os principais motivos e como evitar?

A queda de cabelo é um processo natural que faz parte do ciclo de crescimento dos fios e, por isso, é normal a pessoa nem notar que perde entre 60 a 100 fios de cabelo por dia. 

A queda de cabelo também é conhecida como alopecia androgenética, como diz a Sociedade Brasileira de Dermatologia, pode ser preocupante quando é excessiva, pois pode ser causada por alterações hormonais, estresse, alimentação ou até mesmo por causas externas.

No decorrer da matéria, iremos listar os principais motivos que causam a queda de cabelos. Leia até o final e tire todas suas dúvidas.

Veja também: Saúde dos cabelos: O que é, como descobrir se o cabelo está saudável e quais cuidados devemos ter?

O que é a queda de cabelo?

Como foi dito no início, é normal perder aproximadamente 100 fios de cabelo por dia. Essa é uma média considerada comum, pois os fios possuem um ciclo de crescimento e queda natural. 

Porém, quando ultrapassa essa quantidade pode significar que a estrutura capilar está fragilizada e, por isso, deve-se redobrar a atenção e quem sabe procurar ajuda profissional.

Mulher nota queda de cabelo após escovar os cabelos e notar a grande quantidade de fios na escova.
A queda dos fios em pouca quantidade durante o dia é normal.

O que causa a queda de cabelo?

São diversos os fatores que afetam os cabelos, fazendo com que eles caiam. Veja os principais deles:

1. Excesso de estresse

Uma das principais causas de queda de cabelo é o estresse, tanto físico como mental. Isso porque o choque do estresse pode trocar o ciclo dos fios do cabelo, fazendo-os cair.

Em outros casos, o estresse pode não ser a causa principal da queda de cabelo, mas pode piorar a perda de cabelos que já exista por outro motivo. 

Por isso, praticar atividades de lazer e relaxar, ajuda a evitar não apenas a queda de cabelo, mas também garante uma melhor qualidade de vida.

2. Alimentação pobre em nutrientes e vitaminas

Uma alimentação pobre em nutrientes, vitaminas e minerais, como proteínas, o zinco, o ferro e as vitaminas A e C, pode ser uma causa da do cabelo cair. 

Isto ocorre porque são os nutrientes que ajudam no crescimento e fortalecimento capilar, por isso, uma dieta pobre favorece a queda dos cabelos.

Mulher se alimentando com um lanche, como demonstração de uma má alimentação.
Alimentos processados e industrializados podem não prover os nutrientes necessários para a saúde dos cabelos e do corpo.

Portanto, deve-se fazer uma dieta balanceada e nutritiva, ingerindo alimentos como carne magra, queijo, leite, frutas, legumes e vegetais frescos. Além disso, pode ser necessário o uso de suplementos vitamínicos que deve ser indicado pelo médico ou nutricionista. 

3. Alterações hormonais

Assim como no período de gestação, as alterações hormonais são uma importante causa de queda de cabelo e podem acontecer em vários momentos da vida, especialmente durante a adolescência. 

Além disso, mulheres quando começam um novo método anticoncepcional hormonal e durante o período de menopausa, também podem apresentar queda de cabelo temporária.

Nestes casos, caso perceba a queda acentuada dos fios, deve-se consultar um dermatologista ou ginecologista para avaliar, suspender ou indicar o tratamento mais adequado.

4. Uso de produtos químicos no cabelo 

O uso de produtos químicos no cabelo podem causar enfraquecimento dos fios que podem se tornar mais secos e quebradiços, principalmente na raiz, além de danos na cutícula do fio, o que pode levar a queda de cabelo.

Pessoa aplicando produto químico nos cabelos de uma mulher. Alguns componentes podem causar queda de cabelo.
Formol: substância utilizada para alisar os cabelos, altamente tóxica, provoca diversos danos à saúde e aos cabelos.

O recomendado é que se evite utilizar esses tipos de químicas, mas caso ocorra, após realizar o procedimento, opte por lavar os cabelos com shampoo e condicionador suaves e faça hidratação no cabelo pelo menos uma vez por semana.

Caso a queda de cabelo continue, consulte um dermatologista que pode indicar fórmulas específicas de hidratação ou uso de suplementos para promover o crescimento saudável do cabelo.

5. Infecção por fungos

A infecção do couro cabeludo por fungos, pode favorecer a queda excessiva dos fios de cabelo, além de causar coceira e descamação no couro cabeludo.

Pessoa com as duas mãos na cabeça, coçando o couro cabeludo. A queda de cabelo pode ser causada por fungos.
A queda de cabelo por fungos pode ocorrer junto com outros sintomas: descamação, irritação e coceira.

Ao perceber os sintomas acima, busque por um dermatologista que irá indicar o tratamento antifúngico correto. 

6. Hipotireoidismo

O hipotireoidismo é um desequilíbrio dos hormônios produzidos pela tireóide (T3 e T4) que encontram-se diminuídos. Estes hormônios são essenciais para o funcionamento de todas as células do corpo, e quando defiecientes no organismo, podem deixar os cabelos mais finos, secos e sem brilho, causando a queda.

Para isso, consulte um endocrinologista para fazer uma avaliação dos hormônios da tireoide e o tratamento mais adequado que pode ser feito com o uso de medicamentos indicados pelo médico. 

7. Consumo de cigarro e álcool

Algumas pesquisas indicam que as substâncias tóxicas do cigarro enfraquecem os fios e levam a uma degeneração dos vasos sanguíneos que abastecem as extremidades do corpo, entre eles, o couro cabeludo.

Pessoa partindo um cigarro ao meio.
Nicotina: substância enfraquece os fios e levam a uma degeneração dos folículos capilares.

O consumo de álcool, por mais que não esteja diretamente relacionado à queda de cabelo, gera uma série de condições que podem impactar na saúde dos cabelos.

Portanto, a recomendação é apenas uma: evite o consumo excessivo dessas substâncias.  

8. Efeito colaterais de medicamentos

O uso de alguns medicamentos podem favorecer a queda de cabelo  como efeito colateral. Isso acontece porque os medicamentos podem interromper o funcionamento normal dos folículos capilares, responsáveis ​​pelo crescimento do cabelo. 

Entre alguns dos medicamentos que causam a queda de cabelo, podemos citar:

  • Anticoagulantes: Varfarina e heparina;
  • Anti-hipertensivos: Metoprolol, timolol, propranolol e atenolol;
  • Estabilizantes de humor: Paroxetina, sertralina, fluoxetina;
  • E outros.
Pessoa despeja três cápsulas de medicamento em sua mão.
Medicamentos podem intensificar a queda de cabelo, como efeito colateral.

Para evitar esse problema, busque fazer acompanhamento com o médico que receitou o medicamento e não interrompa seu uso. 

Além disso, deve-se consultar um dermatologista para utilização de suplementos que não interfiram na ação dos remédios e, assim, evitar que o cabelo caia com muita frequência.

O que fazer quando os fios estiverem caindo?

Ao perceber a queda anormal ou que os fios estão quebradiços, procure um médico para uma avaliação e verifique o que está acontecendo. Somente um dermatologista indicará o melhor tratamento para o problema.

Muitas vezes, para diminuir a queda, a recomendação dos médicos é a ingestão de suplementos vitamínicos e o uso de shampoos e loções antiqueda para auxiliar. Tudo depende do fator que causa a queda.

No site da Farmadelivery, você encontra os melhores produtos para queda de cabelo, todos com os melhores descontos. Consulte seu dermatologista e aproveite.


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Posts Similares