Saiba o que acontece quando ocorre a dengue na gravidez e o que pode ser feito.
| |

Dengue na Gravidez: Riscos e cuidados necessários.

A dengue na gravidez é muito perigosa, pois a doença pode desencadear diversos problemas ao longo da gestação. Por isso, é muito importante que seja feito o acompanhamento e monitoramento da mulher por um médico, para garantir a sua saúde e a do bebê.

Contudo, em meio ao surto da doença em todo o país, aumentam também os casos de gestantes infectadas pelo Aedes aegypti. Portanto, deve-se redobrar os cuidados com as grávidas para evitar dengue.

Sendo assim, veja algumas dicas para evitar dengue na gravidez, quais os riscos e cuidados necessários ao confirmar o diagnóstico. Leia a matéria até o final e tire suas dúvidas.

Acesse e veja também: Dengue: O que é, quais os sintomas e como evitar?

Quais os riscos da dengue na gravidez?

Os riscos são maiores quando a gestante é infectada no início ou no fim da gravidez. No geral, além dos riscos da dengue durante a gravidez são:

  • Maior risco de aborto, no início da gravidez;
  • Hemorragia;
  • Eclâmpsia e/ou pré-eclâmpsia;
  • Comprometimento do fígado;
  • ​Falência dos rins.
A dengue na gravidez apresenta maior risco no inicio ou final da gestação.
A dengue na gravidez apresenta maior risco no inicio ou final da gestação.

Além disso, as gestantes costumam apresentar os sintomas convencionais da doenças, sendo eles:

  • Febre alta;
  • Manchas avermelhadas pelo corpo;
  • Dores musculares e abdominal;
  • Dor nas articulações;
  • Dor de cabeça e atrás dos olhos;
  • Diarreia;
  • Pequenas feridas na boca.

Por isso, em caso de suspeita de dengue deve-se buscar ajuda médica imediata para realizar o tratamento adequado ou para certificar-se de que não seja outra doença, como a Zika – condição mais grave, que pode causar microcefalia no bebê.

Seguindo o tratamento corretamente, a dengue na gravidez não causa grandes riscos na grávida ou bebê.

Quais os riscos da doença para o bebê?

A dengue não prejudica o desenvolvimento do bebê, mas se a mulher contrair a dengue no final da gestação o bebê pode ser contaminado e apresentar febre, placas avermelhadas e tremores nos primeiros dias. Neste caso, a mãe deve ficar internada no hospital para ficar em observação e receber tratamento adequado.

Sendo assim, é muito importante a prevenção da dengue para gestantes. Por isso, algumas medidas são necessária para evitar o desenvolvimento de quadros de dengue na gravidez.



Como tratar a dengue na gravidez?

O tratamento em gestantes deve ser feito no hospital, por isso, é necessário que a mulher fique internada para fazer exames, ficar em repouso e tomar medicações para controlar a doença e diminuir os possíveis riscos de aborto ou hemorragia.

O mesmo vale para casos de dengue hemorrágica, que além da internação, pode haver a necessidade da mulher receber transfusão de sangue. 

Nos casos leves, a mãe trata a doença consumindo bastante água e tomando medicamentos indicados pelo médico.
Nos casos leves, a mãe trata a doença consumindo bastante água e tomando medicamentos indicados pelo médico.

Contudo, nos casos leves, o tratamento pode ser feito em casa com repouso, aumento da ingestão de água e uso de remédios indicados pelo médico.

Quais cuidados tomar para evitar a dengue na gravidez?

Os cuidados devem ser tomados ao longo de todo o ano, mas no verão é preciso ter ainda mais atenção, pois é nesse período que o mosquito se reproduz com maior facilidade. Assim, algumas dicas ajudam a se prevenir do mosquito, veja:

  • Evite focos de água água parada – Use produtos que matam as larvas do mosquito em lugares onde a água pode se acumular, como ralos, calhas, vasos e pratos de planta.
  • Use telas nas janelas e mantenha as portas e janelas fechadas – Essa atitude evita a entrada do mosquito na sua residência ou trabalho.
  • Utilize repelentes – Peça a orientação de um médico e opte por produtos que seu uso é liberado para gestantes.
  • Use roupas que cubram ao máximo as partes do corpo – O mosquito é principalmente atraído por cores escuras e também por altas temperaturas, por isso, opte por peças claras, largas e refrescantes.


Vale ressaltar que, na presença de qualquer sintoma, deve-se consultar imediatamente um médico para o correto diagnóstico e evite a automedicação.

No site da Farmadelivery você encontra os melhores produtos para a saúde e bem-estar de toda a sua família. Acesse e aproveite as melhores ofertas.


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Stories para você

Quais as melhores opções de hidratante labial?
Quais as melhores opções de hidratante labial?
4 dicas para salvar sua pele no frio
4 dicas para salvar sua pele no frio
Hidratação Natural: Veja 3 dicas para manter a pele hidratada!
Hidratação Natural: Veja 3 dicas para manter a pele hidratada!
Por que os lábios ficam ressecados no frio?
Por que os lábios ficam ressecados no frio?

Posts Similares