Dor nas articulações: O que é, como acontece, quais os problemas e como prevenir?

0
336
Homem e mulher, idosos, se exercitando em um parque, demonstrando uma bons hábitos e boa condição física.
Cuidar do corpo é essencial para saúde e longevidade.

A dor nas articulações, também conhecida como dor nas juntas, é muito comum e atinge milhares de pessoas ao redor do mundo. Essas dores podem, em alguns casos, ter sua origem em estruturas fora das articulações, como ligamentos, tendões ou músculos e não tem distinção de idade e gênero, apesar de alguns casos serem mais constantes em grupos específicos.

As dores articulares costumam envolver a cartilagem, o revestimento articular, o ligamento e os ossos. Elas são classificadas entre agudas e crônicas e entre inflamatórias ou atraumáticas e mecânicas ou traumáticas.

Podem ser diversas as causas para o surgimento desse problema, por isso, vamos entender um pouco mais sobre o que acontece com o nosso corpo e o que pode ser feito para manter os cuidados das articulações em dia.

Leia também: Colágeno nos cuidados com a pele – O que é, como repor, qual o melhor e como tomar?

Cupom de Desconto Farmadelivery

O que são e porque sentimos dor nas articulações?

As articulações são estruturas complexas que fazem parte de todo o corpo. São as junções entre dois ou mais ossos e como elas estão em constante movimento, é comum desenvolver algum problema nestas regiões.

Mulher e homem, de meia idade, andando de bicicleta em parque, demonstrando hábitos saudáveis que evitam dor nas articulações.
Atividade física pode prevenir e aliviar dores nas articulações.

Para que os ossos deslizam, eles são revestidos por uma camada de cartilagem; um tecido liso, resistente, elástico e protetor composto por colágeno, água e proteoglicanos que reduz o atrito durante o movimento das articulações.

As articulações também são revestidas pelo tecido sinovial, que as envolve para formar a cápsula articular. As células do tecido sinovial produzem uma pequena quantidade de líquido claro (fluido sinovial) que nutre a cartilagem e reduz ainda mais o atrito, facilitando a realização dos movimentos.

A dor nas juntas pode ser causada pelo excesso ou falta de uso, realização de atividades físicas extenuantes, entorses ou distensões. Também ocorre pelo desgaste decorrente da idade avançada e como sintoma de doenças autoimune.

Quais grupos mais sentem dores articulares?

Todos estão dispostos a desenvolver problemas nas juntas, mas dependendo da causa, alguns grupos estão mais sucetiveis.

Quando a dor nas articulações está relaciona a um trauma, os jovens costumam estar mais expostos, podendo ser resultado da prática excessiva de exercícios físicos de alto impacto ou até atividades relacionadas ao trabalho.

Em quadros inflamatórios relacionados a neoplasias, ocorre com mais incidência em pessoas com idades mais avançadas, o mesmo vale para as infecciosas. 

No caso das dores advindas de doenças reumatológicas, as mulheres são as maiores vítimas deste tipo de condição.

Pessoa pressionando o punho demonstrando aparente desconforto e dor na articulação.

Porque idosos sentem mais dor nas articulações?

À medida que envelhecemos ocorre a degeneração das cartilagens que revestem os ossos nas articulações e realizar algumas tarefas diárias pode começar a se tornar difíceis e dolorosas.

O desgaste é causado, na maioria das vezes, pelo envelhecimento natural do corpo somado ao uso repetitivo da articulação. Estatísticas apontam que 60% das pessoas na terceira idade sofrem com dor nas articulações.

É por isso que as doenças relacionadas às juntas são mais comuns em idosos.

Quais doenças causam dor nas articulações?

Dores em algumas partes do corpo são comuns e podem não ser um problema grave. No entanto deve-se observar se a dor é muito intensa, se demora mais de 1 mês para desaparecer ou se causa algum tipo de deformação na região, podendo ser um sinal de problemas mais sérios. 

A seguir, destacamos algumas das doenças que mais afetam as articulações e suas principais características:

  • Artrite: é considerada a principal causa de dor nas juntas e acontece pelo excesso de peso, traumatismo e desgaste natural, seus sintomas são dores, dificuldade para realizar movimentos com a articulação acometida e deformidades na região.
  • Gota: doença inflamatória causada pelo excesso de ácido úrico no sangue, que se acumula nas articulações e gera sintomas como dor nas articulações, inchaço e vermelhidão local.
  • Tendinite: corresponde à inflamação dos tendões, estrutura que liga os músculos aos ossos, causando dor, vermelhidão, dificuldade em movimentar o membro afetado e inchaço.
  • Epicondilite: inflamação dos músculos extensores do punho devido à realização de esforço repetitivo, manifesta dor no cotovelo e pode haver diminuição da força no braço ou no punho.
  • Bursite: inflamação do tecido que se encontra no interior da articulação do ombro (bursa sinovial), dificulta a realização de movimentos, gera fraqueza e formigamento.
  • Artrite reumatóide: doença autoimune e inflamatória, levando ao inchaço e inflamação das articulações, dificuldade para movimentar a articulação, diminuição da força local e dores.
  • Infecção: normalmente causada pelos vírus da dengue, Zika e Chikungunya, a inflamação de várias articulações do corpo, resulta na sensação de dor em todo corpo.

Como é possível perceber, todas tem sintomas similares, portanto é importante a avaliação médica para o correto diagnóstico e tratamento.

O que fazer para evitar dores nas articulações?

As doenças articulares causam impactos que podem gerar desconforto e dores e quando os sintomas não são tratados corretamente, o quadro pode se agravar, incapacitando o paciente de fazer certos movimentos.

Existem alguns cuidados que podem evitar as dores articulares e ainda prevenir sua evolução do quadro:

  • Atividades físicas – A prática regular de exercícios físicos é uma das melhores formas de diminuir as dores articulares. Opte por exercícios funcionais, que alongam os músculos e estimulem as articulações.
  • Alimentação saudável – Alguns alimentos têm propriedades anti-inflamatórias e contribuem com o combate de dores crônicas, além de melhorar a imunidade do organismo.
  • Sobrepeso – O excesso de peso compromete os músculos, que perdem a força e sobrecarregam os ligamentos e tendões, aumentando a pressão sobre eles.
  • Hábitos saudáveis – Evite ficar muito tempo sentado ou deitado. Quanto mais as articulações são usadas, maior é a sua lubrificação. Outro hábito que deve ser evitado é o tabagismo, pois enfraquece as articulações e desencadeia processos inflamatórios pelo corpo.
Homem e e mulher de meia idade, segurando frutas em frente aos seus rostos. Sentados atrás de uma mesa com frutas, pratos e canecas, demonstrando uma alimentação balanceada para prevenção dos problemas articulares.
Alimentação balanceada controla o sobrepeso e ajuda a reduzir dores nas articulações.

O colágeno ajuda na prevenção e tratamento das dores articulares?

A cartilagem presente na extremidade dos ossos é constituída por, aproximadamente, 60% de colágeno de tipo 2 e uma das maneiras de ajudar o corpo a se manter saudável, sem dores, é fazer a reposição dessa proteína.

Estudos científicos demonstraram efeitos positivos na suplementação do colágeno tipo 2 para a melhora articular, mobilidade e funcionalidade das articulações tanto na prevenção como no tratamento dos processos de degeneração articular. 

Esse tipo de colágeno é fabricado a partir de um processo não enzimático, que mantém sua proteína intacta que atua no sistema imune. A sua reposição beneficia as articulações e tecidos, ajudando na reconexão das estruturas, amenizando as dores e melhorando os movimentos.

Conheça o Condrogel Katiguá, colágeno tipo 2 para articulações.

O Condrogel Katiguá é um suplemento de colágeno tipo 2 purificado, conhecido por auxiliar na proteção e melhora de problemas relacionados às articulações. Com uma fórmula elaborada a partir de matérias-primas de alta qualidade, possui ingredientes certos para oferecer resultados superiores no bem-estar das articulações.

Embalagem do produto Condrogel como opção de colágeno para articulações. De fundo, representando uma farmácia. No canto inferior esquerdo, marca da Farmadelivery.
Condrogel auxilia na manutenção dos ossos, no funcionamento muscular e na redução das dores articulares.

Seus ingredientes são rigorosamente selecionados para aumentar a absorção do colágeno e contribuir com efeitos benéficos ao organismo. Contém Vitamina C, que ajuda na absorção do colágeno pelo corpo, além dos minerais Cobre e Manganês, que auxiliam na manutenção dos tecidos conjuntivos.

A recomendação de uso do Condrogel é ingerir 1 cápsula ao dia e seu valor pode variar entre R$30 a R$45 reais.

De modo geral, é possível perceber que o uso do colágeno previne de doenças articulares autoimunes, inflamações e lesões em cartilagens, além de ser muito benéfico para pele, cabelos e unhas. Quando associado a uma rotina de hábitos saudáveis proporciona maior bem estar, permitindo um envelhecimento sem complicações futuras.

Mesmo sendo um produto sem contraindicações, não deixe de consultar um profissional da saúde antes iniciar a suplementação.

Confira no site da Farmadelivery essa e outras opções de Colágenos e aproveite nossas ofertas.