Entenda o que é a Psoríase.

A psoríase é uma doença inflamatória crônica da pele, podendo afetar mucosas, unhas e até articulações. Em torno de 2-3% da população tem psoríase, que acomete homens e mulheres de qualquer idade, sendo mais frequente o seu aparecimento na terceira década de vida. É caracterizada pela presença de lesões avermelhadas, bem delimitadas, descamativas, em qualquer parte do corpo.

Apresenta períodos de melhora e piora ao longo da sua evolução. A psoríase pode levar a uma piora na qualidade de vida dos pacientes, devido ao preconceito das pessoas que os cercam.

A Psoríase é Contagiosa?

A psoríase é uma doença inflamatória e não contagiosa, de modo que não é transmissível por contato ou convívio íntimo, tampouco pelo uso de objetos pessoais de indivíduos coma doença.

Porque é perigoso se automedicar?

O médico é a pessoa mais indicada para escolher o melhor tratamento para indivíduos com psoríase.O uso indiscriminado ou inadequado de alguns medicamentos pode trazer efeitos indesejáveis, bem como recaídas importantes quando são suspensos ou têm sua dose reduzida de maneira inadequada ou abrupta.Ao apresentar uma recaída, o importante é não ajustar por conta própria doses ou frequência de uso do medicamento e consultar o médico imediatamente.

Quais as medidas gerais que o paciente com psoríase deve seguir?

Embora seja uma doença que não tem cura, existem medidas que podem evitar as recaídas:

• Banho diário com água morna e sabonetes suaves.

• Deve-se evitar o uso de água muito quente e sabonetes agressivos, pois podem ressecar a pele e piorar a inflamação.

• Sabonetes de cores neutras, sem perfume e sem antibacterianos são mais indicados.

• Não esfregar a pele e utilizar roupa de algodão folgada. Deve-se evitar o uso utensílios durante o banho para friccionar a pele, pois acabam ressecando a superfície cutânea.

• Deve-se lembrar que o trauma pode produzir novas lesões de psoríase, bem como facilitar a penetração de micro-organismos na pele. Deve-se utilizar roupas 100% de algodão, folgadas, para evitar a fricção com a pele. Elas devem ser lavadas com detergentes suaves, sem perfume.

• Hidratar a pele. Devem ser utilizados cremes hidratantes sem perfume em todo o corpo, logo após o banho e várias outras vezes ao dia.

• Evitar a automedicação ou o uso de remédios casieros. Existem vários tratamentos disponíveis para psoríase e muitos deles precisam de acompanhamento médico, por isso a automedicação deve ser evitada.

Os remédios caseiros podem não ser seguros ou até interferir no tratamento prescrito pelo seu médico.

• Evitar o sobrepeso. O tipo de alimentação não interfere na evolução da psoríase, mas deve-se lembrar que esta doença pode estar associada a problemas como aumento nas taxas de glicose no sangue, aumento nos níveis de colesterol e triglicérides, que aumentam o risco de problemas cardíacos. Assim, deve-se adotar uma dieta rica em fibras e líquidos, evitando alimentos gordurosos, carnes vermelhas e alimentos ricos em carboidratos (macarrão, pão, farinha branca e açúcar).

• Evitar o fumo e a ingestão de bebidas alcoólicas. O tabagismo e o fumo podem interferir com os tratamentos prescritos, além de agravar o quadro da psoríase.

• Evitar situações de estresse. Dormir bem, praticar uma atividade física e aprender técnicas de relaxamento podem ajudar a melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

• Tratar infecções. Algumas infecções podem desencadear ou agravar psoríase, sendo recomendado o tratamento das mesmas o quanto antes.

• Seguir a prescrição médica corretamente. São aspectos essenciais do tratamento da psoríase adotar, as medidas gerais, seguir a prescrição médica e realizar acompanhamento médico frequente.

Junto com a dieta, a prática de uma atividade física diária pode auxiliar na perda de peso, trazendo benefícios para a saúde em geral.

• Exercícios aeróbicos: caminhada, natação ou corrida durante 30 a 45 minutos por dia, 5 vezes por semana.

Lembre-se de realizar uma avaliação médica antes de iniciar a prática de esportes, caso esteja iniciando agora.

• Dieta: fundamental para reduzir os riscos de doenças cardiovasculares. Recomenda-se:

• Aumentar o consumo de alimentos ricos em fibras, como frutas e verduras.

•  Diminuir os alimentos gordurosos como carne vermelha e embutidos, dando preferência a peixes e frango.

• Consumir produtos derivados do leite com baixo teor de gordura, como por exemplo, leite desnatado, queijo branco etc.

• Limitar a ingestão de sale cafeína, uma vez que a psoríase pode estar associada à hipertensão arterial.

• Ingerir pelo menos 2 litros de água por dia.

• Evitar o consumo de bebidas alcoólicas, pois elas podem interferir com alguns medicamentos prescritos para o tratamento da psoríase.


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Stories para você

Alimentos para imunidade: O que comer para fortalecer a saúde?
Alimentos para imunidade: O que comer para fortalecer a saúde?
Quais os tipos de catarro e o que eles podem indicar?
Quais os tipos de catarro e o que eles podem indicar?
Frio e saúde: 5 Dicas de cuidados devemos tomar
Frio e saúde: 5 Dicas de cuidados devemos tomar
Baixa Imunidade: 6 Sintomas para ficar atento com a saúde!
Baixa Imunidade: 6 Sintomas para ficar atento com a saúde!

Posts Similares