Saiba qual a relação entre a ansiedade e a falta de ar.
| |

Falta de ar e ansiedade: Como o emocional pode influenciar?

A falta de ar e a ansiedade estão muito mais relacionadas do que imaginamos. Diferente do que pensamos, a dificuldade para respirar também pode estar associada a condições emocionais ou psicológicas.

Quando a falta de ar é recorrente e não for encontrada nenhuma explicação para ela, é muito provável que o problema seja emocional. Assim, é importante buscar um profissional para avaliar o problema.

Contudo, é importante saber identificar o problema para então buscar ajuda imediatamente. Leia o conteúdo até o final e saiba mais.

+ Aproveite e acesse também: Dispneia – Quais doenças causam falta de ar?

O que é falta de ar?

Também conhecida como dispneia, a falta de ar se caracteriza pela respiração curta, sensação de aperto no peito e pela impressão de não conseguir puxar ar suficiente.

Além disso, apesar de bastante desconfortável, o sintoma em si não provoca danos aos pulmões. Porém, requer um acompanhamento e investigação de um especialista, pois pode estar associado a outras condições de saúde.

O que é ansiedade?

Segundo a definição do Ministério da Saúde, a ansiedade é um fenômeno que pode nos beneficiar ou nos prejudicar. Contudo, isso depende das circunstâncias ou intensidades, que podem tornar o a ansiedade algo patológico, podendo ser prejudicial ao bom funcionamento mental e corporal.

A falta de ar e a ansiedade podem ser sintomas de outras condições psíquicas.
A falta de ar e a ansiedade podem ser sintomas de outras condições psíquicas.

Os transtornos de ansiedade são doenças relacionadas ao funcionamento do corpo e às experiências de vida. É possível se sentir ansioso sem nenhuma razão aparente e a situação ser tão desconfortável que e, em alguns casos, as pessoas deixam de fazer coisas de sua rotina para evitar desconforto.



Como ocorre a falta de ar e ansiedade?

A ansiedade causa diversas reações no corpo que desperta o instinto de “lutar ou fugir”, também conhecido como a autopreservação. Assim, nos preparamos fisicamente e psicologicamente para nos defendermos contra uma ameaça iminente.  

Para isso, os batimentos cardíacos aumentam para que o sangue seja bombeado aos órgãos de forma rápida. Esse esforço atua acelerando a respiração para levar maior quantidade de oxigênio aos músculos, podendo causar a sensação de falta de ar.

Além disso, outras reações podem surgir, como a dormência de membros, dor no estômago, náuseas, dor de cabeça e tontura. Os múltiplos sintomas sentidos de uma única vez podem significar que você está sofrendo uma crise de ansiedade.

Como identificar a falta de ar causada pela ansiedade?

Primeiramente, é importante saber que a ansiedade pode ser caracterizada como apenas um sintoma ou uma doença de fato.

Ou seja, uma pessoa pode apresentar quadros de depressão e consequentemente, o sintoma da depressão aparecer e, além disso, pode ter a ansiedade diagnosticada, que requer um acompanhamento e tratamento específico.

A falta de ar durante a ansiedade costuma ser passageira e, em alguns casos, requer atendimento médico.
A falta de ar durante a ansiedade costuma ser passageira. Além disso, alguns casos, requer atendimento médico.

A ansiedade pode aparecer por diversos motivos diferentes ao longo do dia, que leva a pessoa apresentar o sintoma de sufocamento. Contudo, ele surge quando o paciente se exalta com alguma situação que desencadeia na falta de ar, mas o sintoma desaparece ao manter a calma e relaxar um pouco.

No entanto, nos casos onde há o diagnóstico da doença, a falta de ar costuma durar um período maior de tempo, mas não mais que um dia inteiro.

+ Para mais informações, acesse também: Falta de ar na gravidez é normal? Quais são as causas?

Além da ansiedade, quais as outras causas da falta de ar?

A falta de ar, além de estar relacionada a episódios de ansiedade, pede surgir como sintoma de doenças cardíacas e pulmonares. Veja a seguir quais são as principais delas:

  • Obesidade e condicionamento físico ruim;
  • Obstrução das vias aéreas;
  • Asma, bronquite e outros problemas respiratórios;
  • Gravidez, principalmente no fim da gestação.


Quando buscar ajuda médica?

Nos casos onde a falta de ar aparece sem doenças associadas, recomenda-se manter a calma e esperar 30 minutos. Se ainda assim o sintoma não melhorar, procure um médico. Mas lembre-se, seja qual for a causa, a orientação profissional é fundamental para investigar e iniciar o tratamento adequado.

Contudo, quando a falta de ar está ligada à quadros de ansiedade, as opções de tratamento são: realizar atividades físicas, alimentar-se de forma saudável, dormir bem, evitar o estresse e fazer terapia.

+ Para saber mais, acesse também: Como aliviar falta de ar? Quais as opções de tratamento?

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite e veja também as ofertas no site da Farmadelivery. Lá você encontra tudo para os cuidados da sua saúde bem-estar com descontos imperdíveis. Confira!


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Stories para você

Quais as melhores opções de hidratante labial?
Quais as melhores opções de hidratante labial?
4 dicas para salvar sua pele no frio
4 dicas para salvar sua pele no frio
Hidratação Natural: Veja 3 dicas para manter a pele hidratada!
Hidratação Natural: Veja 3 dicas para manter a pele hidratada!
Por que os lábios ficam ressecados no frio?
Por que os lábios ficam ressecados no frio?

Posts Similares