Conheça as principais causas e como aliviar quadros de tosse que não melhora
| |

Tosse que não melhora: O que pode estar acontecendo?

Quadros de tosse que não melhora e duram semanas, podem ser bastante incômodas, mas não devem ser considerados uma doença e sim, um alerta de algo está acontecendo.

Quando sentimos vontade de tossir, quer dizer que nosso corpo identificou algo desconhecido ou irritativo para as vias aéreas ou pulmões. Assim, o corpo age de forma tentando expulsar esse agente irritante. Ou seja, a tosse nada mais é que um mecanismo de defesa do nosso organismo.

No entanto, a tosse pode ainda ser o sintoma de algumas doenças, como por exemplo, resfriado, gripe, alergias e, em casos mais graves, tuberculose e câncer de pulmão. Por isso é importante estar atento aos sinais da tosse persistente.

Você sofre com uma tosse que não melhora? Veja o que pode estar acontecendo e quando buscar ajuda médica. Leia o conteúdo até o final e tire suas dúvidas.

+ Para saber mais sobre Tosse, leia também: Tosse – O que é, quais os tipos, como identificar e tratar?

Quais as principais causas da tosse que não melhora?

1. Poluição e Cigarros

Pessoas que ficam longos períodos expostas à poluição, seja pela região onde vivem ou pelo trabalho que executam, são mais suscetíveis a ter irritações na garganta.

O uso frequente de cigarros pode intensificar o sintoma.
O uso frequente de cigarros pode intensificar a tosse seca e persistente.

Ainda, o uso de cigarro também pode causar irritação na garganta, que estimulam o reflexo da tosse. Em ambos os casos, a tosse tende a ser seca e bastante persistente e pode cessar quando ao para de fumar e ao evitar ambientes poluídos.

2. Aspiração de pequenos objetos

Pequenos objetos aspirados pela boca ou nariz pode ser uma das causas da tosse persistente que não melhora, pois podem ficar presos nas árvores respiratórias.

Por isso, é muito importante ficar atento quando a criança tosse muito, sem que esteja relacionado a alguma doença como a gripe ou resfriado. Vale ressaltar que o cuidado também vale para adultos. Busque ajuda médica urgente, neste caso.



3. Refluxo esofágico

O refluxo esofágico ocorre quando o ácido do estômago sobe até o esôfago e chega à laringe provocando irritação e inflamação.

Neste caso, quanto mais frequentes forem os refluxos, maior são as lesões na laringe e mais persistente é a tosse. Além disso, algumas pessoas também apresentam a sensação de bolo na garganta, azia e má digestão.

O tratamento é feito com o de medicamentos que controlem os refluxos. Portanto, a avaliação e orientação médica é mais que necessária.

4. Problemas cardíacos

A insuficiência cardíaca e outros problemas do coração, faz com que a pessoa sinta vontade frequente para tossir. Além da tosse, dor no peito, falta de ar e cansaço, pernas e pés inchados são sintomas frequentes.

Tosse seca pode ser um sintoma de problema cardíaco.
Tosse que não melhora e seca pode ser um sintomas de problema cardíaco.

Nesses casos, consulte o cardiologista e relate a tosse que não melhora, para realizar exames que identifiquem a causa. Assim, é possível iniciar o tratamento adequado para tratar a condição.

5. Pneumonia

A pneumonia é uma doença pulmonar que infecciona diferentes estruturas do pulmão, causada por vírus, fungos ou bactérias.

Sendo assim, algumas pessoas que sofrem com a infecção, podem apresentar episódios de tosse seca persistente que não melhora. Por isso, é deve-se buscar a orientação médica urgente.



6. Asma

Outro problema respiratório que atinge os pulmões, a asma apresenta tosse seca, além da falta de ar, chiado ao respirar e sensação de pressão no peito.

Portanto, quem possui a condição, deve seguir rigorosamente o tratamento indicado pelo médico. Além disso, é importante identificar o fator responsável por desencadear a crise de asma, pois dessa forma é possível evitar novas crises.

7. Contaminação por Covid-19

A COVID-19 é uma infecção respiratória que além da tosse seca e persistente, se caracteriza pela dificuldade em respirar, coriza ou nariz entupido, febre acima de 38ºC e cansaço.

Assim, caso haja a suspeita de COVID-19, realize a testagem rápida ou o teste de PCR para confirmar a infecção e ficar em isolamento para evitar a transmissão do vírus para outras pessoas.

A tosse ainda pode ser um sintoma de contagio por Covid-19.
A tosse ainda pode ser um sintoma de contagio por Covid-19.

Além disso, nos casos em que apresentam dificuldade para respirar, dirija-se ao hospital para realizar um raio-X de tórax e avaliar a necessidade de tratamento especial ou até internamento.

+ Saiba mais sobre Covid-19, leia também: Diferença entre Gripe e Covid-19 e quando ir ao médico?

Tosse que não melhora – Como aliviar sintomas?

Seguir as dicas a baixo pode te ajudar no alivio da tosse ao longo do dia:

  • Beba bastante água, isso ajuda a manter as vias aéreas hidratadas;
  • Consuma chás e outras bebidas quentes, isso pode diminuir a irritação da garganta;
  • Evite ar-condicionado e ambientes fechados e pouco ventilados;
  • Umidifique o ar do ambiente com toalha molhada, bacia de água ou umidificadores de ar;
  • Use medicamentos apropriados para o alívio da tosse, conforme orientação médica.
Em alguns casos, o uso de medicamentos é necessário para o tratamento da tosse.
Em alguns casos, o uso de medicamentos é necessário para o tratamento da tosse que não melhora.

Casos de tosse que não tem melhora em 1 semana, merecem mais atenção, ainda mais se o indivíduo tiver asma, bronquite, rinite ou outra doença respiratória. Apesar de não parecer tão grave, ela pode significar piora do quadro e a necessidade do uso de medicamentos anti-histamínicos, corticoides ou antibióticos.

Sendo assim, acesse o site da Farmadelivery. Lá você encontra tudo que precisa e os melhores preços em itens de saúde e beleza. Entre e aproveite!


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Posts Similares