A partir de quantas semanas o bebê pode nascer

0
3128
A partir de quantas semanas o bebê pode nascer
A partir de quantas semanas o bebê pode nascer

Um dos medos mais comuns em quase todas as gestante é o parto prematuro, que acontece quando o bebê nasce antes de estar totalmente formado e com todos os órgão vitais funcionando corretamente. Sabendo disso, uma dúvida bastante recorrente em grávidas de primeira e até mesmo segunda viagem é a partir de quantas semanas o bebê pode nascer sem correr nenhum risco contra a saúde.

Embora uma gravidez dure cerca de 9 meses, as gestações são contadas em semanas em decorrências das mudanças constante no desenvolvimento do feto que são notadas semanalmente. Sendo assim, uma gestação pode durar até 42 semanas, sendo o mais comum que chegue somente até as 40.

veja no texto a seguir a partir de quantas semanas o bebê pode nascer
veja no texto a seguir a partir de quantas semanas o bebê pode nascer

Veja no texto a seguir quando o bebê pode nascer e quais os riscos de um parto prematuro.

A partir de quantas semanas o bebê pode nascer?

Embora o bebê possa nascer a partir das 37 semanas de gestação, a Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia) acredita que o nascimento seguro e saudável ocorra entre 39 a 40 semanas e seis dias.

Cupom de Desconto Farmadelivery

Riscos do parto com 37 semanas

Embora não seja considerado um parto prematuro, o parto com 37 semanas também apresenta alguns riscos ao bebê. Porém, esse risco aumenta ainda mais quando trata-se de um parto cesariana eletivo, que acontece quando o médico agenda uma data para retirar o bebê do útero. Nesse caso, não há certeza da maturidade pulmonar, o que seria prejudicial para o recém-nascido.

Amadurecimento dos pulmões

A maturidade pulmonar do bebê pode acontecer antes das 37 semanas e depois das 39, dependendo de uma enzima que é secretada pela placenta. Caso o pulmão não esteja totalmente maduro e o bebê nasça mesmo assim, existem riscos do desenvolvimento de problemas respiratórios e até mesmo a necessidade de ajuda de um balão de oxigênio durante as primeiras horas fora do útero.

quando o bebê nasce sem que o pulmão esteja totalmente maduro, é necessário colocá-lo em uma bomba de oxigênio durante os primeiros dias
quando o bebê nasce sem que o pulmão esteja totalmente maduro, é necessário colocá-lo em uma bomba de oxigênio durante os primeiros dias

Nos partos normais, o organismo detecta quando o pulmão do bebê está totalmente formado e pronto para respirar sozinho, diferente de um parto cesariano, no qual não há forma de saber quando isso acontece a meno que se faça um teste específico.

Contudo, nem sempre bebês que nascem de 37 semanas de parto normal estão com os pulmões maduros, já que existem vários fatores que contribuem para um parto prematuro e antes de hora.

Métodos para amadurecimento dos pulmões

Nos casos em que há riscos de um parto prematuro antes das 37 semanas, o médico prescreve um medicamento para acelerar o amadurecimento dos pulmões, chamado Celestone. O fármaco faz o papel da enzima liberada pela placenta, auxiliando na maturação precipitada dos pulmões. 

De início são receitadas 3 doses, podendo aumentar conforme necessário.

Exame para verificar a maturação

Embora exista um exame que ajude a verificar a maturação dos pulmões, o preço costuma ser bastante elevado (cerca de R$500) e não está disponível em todos os centros médicos de todas as cidades.

Por meio desse exame, verifica-se a quantidade de corpos lamelares por meio do líquido amniótico. Caso a quantidade for superior a 70%, o bebê já está pronto para nascer sem riscos de problemas respiratórios imediatos após o nascimento.

Quais são as causas de parto prematuro?

O parto antes da hora, chamado de parto prematuro, acontece quando o bebê ainda não está pronto para nascer. As mulheres com maior risco de parto prematuro são aquelas que possuem histórico de parto prematuro anterior, gravidez gemelar e sangramento vaginal depois do terceiro trimestre da gestação. 

uma das possíveis causas de parto prematuro é a ingestão de bebidas alcoólicas e o uso de cigarros e outras drogas durante a gestação
uma das possíveis causas de parto prematuro é a ingestão de bebidas alcoólicas e o uso de cigarros e outras drogas durante a gestação

Além disso, mulheres acima de 35 anos e menores de 16 também fazem parte da classe de risco de um parto antes da data prevista, e devem ser acompanhadas por um médico a cada 2 semanas.

Algumas doenças, problemas de saúde e hábitos errados também interferem na data do parto, sendo elas:

  • pré-eclâmpsia;
  • eclâmpsia;
  • rotura prematura da bolsa amniótica.
  • descolamento da placenta;
  • infecção uterina;
  • anemia;
  • incompetência do colo do útero;
  • doenças como sífilis, tuberculose e infecção renal;
  • fertilização in vitro;
  • gravidez de gêmeos ou mais bebês;
  • esforços físicos;
  • malformação fetal;
  • miomas uterinos;
  • uso de drogas e bebidas alcoólicas;
  • presença de estreptococos do grupo B;
  • vaginose bacteriana;
  • cesariana anterior.

Sinais do trabalho de parto prematuro

O parto prematuro acontece entre 20 e 37 semanas de gestação, e geralmente tende a começar com cólicas que não param e se tornam mais frequentes, desconfortáveis e regulares ao longo do tempo. Essas cólicas se assemelham com as cólicas menstruais e acontecem acima do osso púbico e são chamadas de contrações.

Alguns sinais de parto prematuro, além das cólicas, são:

  • aumento do corrimento vaginal;
  • sangramento vaginal;
  • pressão ou dor na pélvis, virilha e coxas;
  • dor na lombar ou pressão nas costas;
  • corrimento vaginal com líquido aquoso que pode ser rosado ou marrom.

O que fazer se eu apresentar os sintomas de parto prematuro?

O primeiro passo é fazer repouso absoluto e entrar em contato com o seu médico, que pedirá para que você cronometre as contrações e se dirija até o hospital, dependendo do quadro.

Em casos de sangramentos, é importante se dirigir ao pronto socorro imediatamente, e evitar fazer esforços como pegar peso e subir e descer degraus.

Existe alguma forma de prevenir que o bebê nasça antes da hora?

Alguns hábitos saudáveis podem diminuir os riscos de partos prematuros, mas não é uma garantia de que ele não vá acontecer. Alguns exemplos:

  • ter uma alimentação balanceada e ganhar no máximo 15 kgs durante a gravidez;
  • ir a todos as consultas pré-natais para avaliar como a gestação se desenvolve;
  • fazer todos os exames solicitados;
  • sentar-se com as pernas elevadas a cada 1 hora e evitar pegar peso;
  • manter uma higiene vaginal rigorosa para evitar infecções urinárias e vaginais.

Agora que você viu a partir de quantas semanas o bebê pode nascer já pode ficar mais tranquila se já estiver nas 37 semanas. Caso tenha uma vida saudável e os exames pré-natais estiverem em dia, os riscos do seu bebê nascer antes da hora são consideravelmente menores.