Carga Glicêmica

É a classificação da quantidade de carboidratos em porções de alimentos baseada no seu índice glicêmico e tamanho da porção, estimando o quanto impacta no nível de glicose sérica.

Após identificar o IG (índice glicêmico) de um alimento e o teor de carboidratos sobre a porção que pretende ingerir, o cálculo a realizar é a multiplicação do índice glicêmico pelo número de gramas de carboidratos e dividir por 100.

A carga glicêmica (CG) é baixa quando o resultado for menor que 10, média entre 11 e 19 e alta quando estiver acima de 20. Para diminuir a carga glicêmica do cardápio, evitando os picos de glicemia o ideal é escolher alimentos ricos em carboidratos com médio ou baixo índice glicêmico.

SAIBA MAIS:

• Uso regular de alimentos com alta carga glicêmica, como pão branco ou arroz branco leva ao aumento de peso.

• Carnes vermelhas e processadas também levam a um ganho significativo de peso.

• O consumo regular de alimentos com uma elevada CG (Carga Glicêmica) leva frequentemente à diabetes.

• Em cada refeição principal do dia é aconselhável associar alimentos com uma elevada carga glicêmica, como batatas ou pão branco, com alimentos de baixa carga glicêmica, como frutas e legumes.

• Atividade física regular é uma ótima maneira de se manter saudável e no peso ideal.

• Quanto maior o consumo de gordura com o hidrato de carbono, mais lenta será sua entrada através do sangue do indivíduo.

• Quanto maior for a quantidade de fibras que contenham o hidrato de carbono ingeridas, menor será o aumento da glicemia.

• Para perder peso adote uma alimentação onde os itens consumidos tenham uma carga glicêmica baixa e um índice glicêmico também baixo.

Para controlar ou evitar o desenvolvimento de diabetes tipo II o melhor é ficar de olho na carga glicêmica dos alimentos.


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Posts Similares