Como tomar ômega 3: antes, durante ou depois das refeições?

0
1050
como tomar ômega 3
como tomar ômega 3

O ômega 3 é uma gordura saudável composta por DHA e EPA, dois tipos de gordura polinsaturada de cadeia longa que estão envolvidas em diversas funções no organismo como produção de hormônios e redução de inflamações. Essas gorduras ainda auxiliam na redução da pressão alta e melhora os níveis de colesterol. Mas você sabe se deve tomar ômega 3 antes, durante ou depois das refeições?

Algumas vitaminas lipossolúveis são indicadas para serem consumidas em conjunto com alimentos gordurosos, enquanto a vitamina C, por ser mais ácida e hidrossolúvel,devem ser evitadas serem consumidas em jejum. Assim como esses nutrientes, o ômega 3 deve ser ingerido no horário correto para melhorar o aproveitamento pelo organismo e sua absorção.

Para lhe auxiliar na hora de tomar seus suplementos, separamos um post explicativo do melhor horário para ingerir a gordura e em quais alimentos você encontra o ômega 3. Acompanhe!

Quais os benefícios do ômega 3?

O ômega 3 é responsável por auxiliar na produção de hormônios, ajudar na melhora dos níveis de colesterol, melhorar o bom funcionamento da visão e do cérebro e ainda proteger contra doenças cardiovasculares. Diferente do que muitos acreditam, as gorduras saudáveis podem até mesmo contribuir para um menor acúmulo de gorduras ruins nas artérias, o que evita doenças como infarto e AVC.

Cupom de Desconto Farmadelivery
além de auxiliar a controlar os níveis de colesterol, o ômega 3 ainda atua na produção de hormônios essenciais para o funcionamento do organismo
além de auxiliar a controlar os níveis de colesterol, o ômega 3 ainda atua na produção de hormônios essenciais para o funcionamento do organismo

No entanto, o corpo humano não é capaz de produzir ômega 3 e é necessário ingeri-lo diariamente para garantir que o organismo receba quantidades o suficiente da gordura e funcione de uma forma mais saudável.

Onde encontrar o ômega 3?

O ômega 3 é encontrado principalmente em peixes como o salmão, atum e sardinha, e também nas oleaginosas como amêndoas, nozes, pistache e castanhas. A gordura ainda pode ser encontrada em folhas verde escuras como espinafre, couve e rúcula, leguminosas em geral, camarões e crustáceos e também em sementes como linhaça e chia.

Para garantir que a ingestão do ômega 3 seja mais eficiente por meio dos alimentos, prefira consumir camarões frescos e não retire a pele dos peixes, já que é onde há uma maior concentração de gordura saudável.

Nos casos das oleaginosas evite remover as cascas para garantir mais nutrientes e minerais.

Quando é necessário suplementar?

A suplementação com ômega 3 é indicada principalmente em pacientes que não conseguem obter as quantidades adequadas da gordura apenas com a alimentação. Para saber exatamente quais são as demandas do seu organismo, é extremamente importante consultar um médico para avaliar o seu caso de forma individual.

Pacientes que sofrem com hipertensão também podem ser beneficiados com o suplemento.

Leia também Quem toma remédio de pressão pode tomar ômega 3?

No entanto, não basta apenas escolher um ômega 3 de qualidade na hora de suplementar. Também é importante estar atento ao melhor horário para ingerir a gordura, já que assim você garante que seu organismo consiga absorvê-la da forma mais adequada.

Como tomar ômega 3 antes, durante ou depois das refeições?

De modo geral, quando um especialista recomenda um medicamento ou suplemento, ele estabelece uma dosagem e horário para ingeri-lo. Isso porque na grande maioria dos casos esses dois fatores influenciam diretamente no resultado e diminuição dos efeitos colaterais da maioria das substância. Em conjunto, eles também evitam a interação com medicamentos e alimentos que podem diminuir a eficiência de medicamentos e suplementos.

por ser um tipo de gordura, o ômega 3 é melhor absorvido pelo organismo quando consumido junto com alimentos gordurosos como o abacate
por ser um tipo de gordura, o ômega 3 é melhor absorvido pelo organismo quando consumido junto com alimentos gordurosos como o abacate

No caso do ômega 3, é importante associá-lo com uma das refeições, podendo ser antes, durante ou depois. Isso porque a gordura é melhor absorvida quando consumida junto a outros alimentos, principalmente aqueles também ricos em gordura.

A explicação é que, ao consumir alimentos gordurosos, nosso organismo sofre uma estimulação das enzimas lipase pancreática, que são responsáveis por quebrar a gordura consumida no sistema digestivo. Com isso, ao ingerir o ômega 3 enquanto essas enzimas estão ativadas a absorção da gordura pelo organismo acaba sendo mais eficiente.

Isso não significa, porém, que você pode ingerir gorduras em excesso nas refeições, sendo importante optar por gorduras saudáveis como azeite de oliva, óleo de coco e abacate, por exemplo.

O que acontece se eu ingerir o ômega 3 em jejum?

Por se tratar de uma gordura, ingerir o ômega 3 com o estômago vazio pode gerar desconfortos estomacais durante os primeiros dias, além de uma absorção menor pelo organismo.

Qual a quantidade ideal?

Já a quantidade ideal diária varia de acordo com o gênero, condição de saúde, medicamentos e idade. Em pacientes com hipertensão, por exemplo, a quantidade pode ser menor do que a regra geral, já que ao ser combinado com medicamentos de pressão alta, o ômega 3 pode fazer a pressão arterial ficar baixa demais.

Leia também Qual a quantidade de ômega 3 por dia?

Quais são as contra indicações do ômega 3?

Além de ser dosado com cautela por pacientes que tomam medicamentos para hipertensão, o ômega 3 é contra indicado para indivíduos que sofrem com problemas de coagulação como a hemofilia, já que a gordura pode desencadear uma hemorragia por deixar o sangue mais fluido.

embora seja benéfico para a gestação, o ômega 3 deve ser consumido com cautela durante a gravidez
embora seja benéfico para a gestação, o ômega 3 deve ser consumido com cautela durante a gravidez

Pacientes com prótese cardíaca também deve evitar a suplementação do ômega 3 e gestantes devem se atentar à dose ingerida diariamente, que deve ser recomendada pelo médico que acompanha o pré-natal. Isso porque o ser ingerida em excesso na gravidez, a substância pode gerar problemas para o desenvolvimento do feto.

Ainda, é fundamental estar atento ao tipo de gordura que você está consumindo, já que muitas das cápsulas vendidas podem conter altas concentrações de mercúrio, uma substância bastante prejudicial para a saúde.

Agora que você viu como tomar ômega 3, evite ingerir a gordura em jejum para não causar desconforto e para que o seu organismo consiga absorver melhor a substância. Além do mais, fique atento às quantidades que estão sendo suplementadas e procure ajuda médica para analisar quais são as indicações para o seu caso.

Confira as ofertas das melhores marcas de ômega 3 na Farmadelivery!