Qual a diferença entre hipertensão e pressão alta?

0
192
o que é hipertensão

A hipertensão é uma condição de saúde em que o paciente sofre com picos da pressão arterial de forma recorrente, podendo causar sintomas graves e desencadear problemas sérios como AVC e infarto. De acordo com pesquisas feitas pelo IBGE, aproximadamente 24% da população brasileira sofre de hipertensão, e outros 62% sofrem com pressão alta. Mas você conhece a diferença entre hipertensão e pressão alta? 

Hoje em dia é muito comum vermos pessoas usando o termo pressão alta para se referir a quadros de hipertensão e vice-versa. O que muitos não sabem, porém, é que uma pessoa pode ter quadros de pressão alta sem necessariamente ser hipertensa.

Para você entender essa diferença, separamos um post explicando mais sobre o assunto. Veja a seguir!

O que é a pressão arterial?

A pressão arterial nada mais é do que a pressão que o coração exerce nas artérias para que o sangue seja distribuído para todos os órgãos do corpo. Quando essa pressão aumenta, as artérias se estreitam e o sangue não consegue passar com facilidade, o que consequentemente acaba gerando um esforço mais do coração para bombear o sangue.

Cupom de Desconto Farmadelivery
a pressão arterial nada mais é do que a pressão que o coração exerce nas artérias
a pressão arterial nada mais é do que a pressão que o coração exerce nas artérias

Quando o coração se esforça mais do que o normal, a pressão sistólica aumenta, causando um aumento imediato da pressão arterial.

Quais os valores que definem a pressão alta? 

Atualmente, a pressão arterial considerada normal é de 120 por 80 mmHG, ou seja, 12/8, e os números considerados altos ficam acima de 14/9. Embora esse seja o número considerado ideal para a pressão normal, alguns pacientes podem ter valores maiores ou menores, e mesmo assim, não ser considerado aumento de pressão.

Desde que os valores não ultrapassem o valor 14/9 nem fiquem abaixo de 9/6, os valores são considerados saudáveis.

Qual a diferença entre hipertensão e pressão alta?

A hipertensão é uma condição clínica que é desenvolvida por diversos fatores como genética, consumo excessivo de sal encontrados em alimentos industrializados,  sedentarismo, obesidade, diabetes, tabagismo, e o consumo excessivo de álcool. 

Sua principal característica é o aumento abrupto e recorrente da pressão que dura longos períodos, podendo causar complicações graves como AVC, infarto e até doenças renais, e na maioria das vezes pode ser necessário o uso de medicamentos para ajudar a pressão voltar ao normal.

Enquanto isso, a pressão alta é qualquer aumento da pressão arterial, que normalmente dura poucos minutos ou horas e tende a se regularizar sem necessidade de intervenção médica.

Esse aumento pode ser desencadeado por momentos de estresse, ansiedade e até em situações de medo.

É importante ressaltar que a hipertensão é considerada uma doença silenciosa e pode não apresentar sintomas durante anos. Ou seja, a pressão arterial sofre picos constantemente e o paciente não percebe nenhuma alteração. Sem o tratamento adequado e mudanças de hábitos, a doença progride e só é descoberta quando começa a atingir alguns dos órgãos do corpo humano.

Clique aqui e confira os 10 sintomas da hipertensão mais conhecidos

Como tratar a hipertensão e pressão alta?

Para tratar a hipertensão o paciente deve procurar ajuda médica para uma avaliação individual do caso e análise de todos os fatores que podem estar causando o aumento recorrente da pressão arterial.

A partir dos resultados, o especialista poderá indicar o melhor tratamento para a condição, que varia desde a mudança de hábitos alimentares, consumindo alimentos com menos sódio, até a necessidade de usar medicamentos específicos para baixar a pressão.

a mudança de hábitos alimentares é um dos principais tratamentos para quem sofre de pressão alta
a mudança de hábitos alimentares é um dos principais tratamentos para quem sofre de pressão alta

Já nos casos de pressão alta que podem surgir durante momentos de estresse e até mesmo durante a prática de atividades físicas muito intensas, não há necessidade de medicação para controlar o aumento dos níveis da pressão. Porém, é muito importante ficar de olho no que pode estar desencadeando o sintoma e procurar um médico caso esse aumento aconteça mais de 1 vez a cada 2 semanas.

O que é hipotensão?

A hipotensão, por sua vez, é uma condição de saúde causada pelos níveis da pressão arterial abaixo do normal, podendo ser normal em pacientes que se alimentam de forma saudável e equilibrada e que praticam atividades físicas diariamente.

A condição pode causar sintomas como fraqueza, dor de cabeça e confusão mental, e normalmente não apresenta riscos à saúde.

Quando os níveis estão muito abaixo de 9/6, porém, é necessário buscar ajuda médica para verificar o que pode estar causando a diminuição da pressão arterial.

Como se prevenir da hipertensão e pressão alta?

A mudança de hábitos é uma das principais mudanças que ajudam na prevenção de quadros de pressão alta e hipertensão, já que em muitos casos esse descontrole é desencadeado por consumo excessivo de industrializados e fast-food.

Leia também O que não comer quem tem hipertensão

A atividade física regular também pode auxiliar a baixar os níveis de pressão, junto com o consumo controlado de álcool e mudanças comportamentais como deixar de fumar, por exemplo.

Agora que você já sabe a diferença entre hipertensão e pressão alta, você já entendeu que nem sempre o aumento da pressão pode significar problemas de saúde. Porém, é indicado buscar ajuda médica sempre que notar um aumento recorrente da pressão e caso mantenham uma alimentação rica sódio.

Hipertensão é coisa séria

A pessoa é considerada hipertensa quando a sua pressão arterial estiver, permanentemente, maior ou igual a 140/90 mmHg e existem uma série de riscos relacionados, dentre eles alguns perigosos como ataque cardíaco, derrame ou mesmo a morte.

Então se você suspeita que pode ser hipertenso, consulte seu médico imediatamente para avaliar melhor sua condição, e se precisar, a Farmadelivery oferece ótimos preços em todos Remédios para Hipertensão, confira!