Gestante realizando hidratação da barriga para evitar estrias.
| |

O que passar para não ter estrias na gravidez? Conheça os tipos de tratamentos.

Para não ter estrias na gravidez, a mãe deve realizar alguns procedimentos e tratamentos, além de utilizar produtos específicos para estrias na gestação. Essas recomendações só devem ser feitas e acompanhadas por um médico de confiança.

O tipo de tratamento pode ser determinado pelo profissional antes que as estrias apareçam ou avaliando a aparência das marcas, quando elas já estiverem se presentes no corpo da mãe.

As estrias, neste caso, começam a se desenvolver no terceiro trimestre de gestação, principalmente na barriga, seios e coxas. É nessa fase que o bebê cresce rapidamente e a mãe ganha mais peso, fazendo com a pele sofra maior estiramento.

Por isso, com o intuito de orientar as mamães, criamos esse conteúdo para explicar como são realizados os tratamentos mais indicados para não ter estrias na gestação. Leia a matéria o final e tire suas dúvidas!

Veja também: Como evitar estrias na gravidez? 10 Dicas do que fazer.

Quais os tratamentos indicados para não ter estrias na gravidez?

Antes de mais nada, a mãe deve realizar uma avaliação médica para determinar se o procedimento a ser realizado é para prevenção ou tratamento das estrias.

Sendo assim, se a mãe ainda não desenvolveu ou deseja evitar que novas estrias apareçam, recomenda-se o uso de produtos para prevenção de estrias e que sejam feitas massagens nas áreas afetadas. Isso ativa a circulação na região, favorecendo a hidratação da pele e prevenindo que as estrias apareçam.

Gestante indicando marcas de cicatrizes em sua barriga.
70 a 90% das mulheres sofrem com as estrias na gestação.

Por outro lado, as estrias já formadas necessitam de tratamentos específicos e, dependendo do caso, só podem ser feitos após a mãe ganhar o bebê.

Os profissionais consideram as estrias avermelhadas mais fáceis de serem removidas, pois ainda estão passando pelo processo inflamatório. Entretanto, as de coloração mais esbranquiçadas, por já estarem cicatrizadas, são mais difíceis de remover.

As estrias são tratadas conforme sua aparência e coloração.

Dentre as muitas opções, os tratamento mais recomendados são:

1. Uso de Óleos e Hidratantes Antiestrias

Para não ter estrias na gravidez, o uso de óleos ou hidratantes antiestrias é um dos tratamentos mais recomendados por médicos.

Com suas fórmulas enriquecidas de Vitaminas C, A e E, esses cosméticos agem estimulando a produção do colágeno e da elastina, proteínas essenciais para a renovação e aumento da elasticidade da pele.

Gestante aplicando hidratante na barriga para não ter estrias na gravidez.
Estrias causam incômodos estéticos e podem ser evitadas com controle de peso, alimentação e cuidados com a pele.

Além disso, esses produtos proporcionam hidratação profunda, ajudam na produção de novas células e repara a pele danificada, evitando e diminuindo o aspecto das estrias avermelhadas.

Alguns dos óleos mais utilizados para não ter estrias na gravidez são os de amêndoas doce, camomila e o rosa mosqueta. Já os hidratantes, atualmente, existem diversas marcas conhecidas como o Mustela Maternité, ISDN Woman, Cicatricure Maternity e outros.



2. Suplementação ou Consumo de Alimentos Ricos em Colágeno

O colágeno, como dito anteriormente, é responsável por manter a pele firme e com a elasticidade. Consumir o colágeno a partir de suplementação ou por alimentos, como carnes e gelatinas, pode na prevenção das estrias.

Sendo assim, o seu médico pode orientar sobre o uso de suplementos ou recomendar uma dieta específica para aumentar os níveis de colágeno durante a gestação.

Gestante realizando suplementação de colágeno não ter estrias na gravidez.
Hábitos saudáveis, além de ser benéfico a mãe e ao bebê, reduz a probabilidade das estrias aparecerem.

Em alguns casos, associar a suplementação de colágeno a outros procedimentos, pode beneficiar o tratamento das estrias e garantir resultados ainda melhores.

3. Microagulhamento

O microagulhamento é indicado para o tratamento das estrias em qualquer fase (vermelhas ou brancas). O procedimento consiste em microperfurações feitas com agulhas finas, que estimulam a produção do colágeno e a renovação da pele.

Este tratamento, no entanto, pode ser realizado durante a gestação, desde que seja feito por um dermatologista especializado e não seja associado a nenhuma outra substância ou cremes anestésicos.

Outros tratamentos para não ter estrias na gravidez

Muitos dos procedimentos para estrias são invasivos ou utilizam técnicas que podem colocar em risco a vida do bebê. Por isso, a maioria são indicados somente no pós-parto. Alguns deles são:

As marcas em gestantes é muito comum e costumam a aparecer na barriga.
Alterações hormonais e predisposição genética são fatores que propiciam as estrias.
  • Luz Intensa Pulsada: Feito com a emissão de luzes diretamente na pele, atua no aumento da atividade das células responsáveis pela produção de elastina e colágeno.
  • Carboxiterapia: Indicado para a remoção de estrias vermelhas ou brancas, o procedimento consiste em injetar gás carbônico nas áreas onde estão localizadas as estrias. Desta forma, melhora a circulação do sangue e reduz a aparência das estrias.
  • Peeling Químico: Neste procedimento, aplica-se agentes químicos que atuam na regeneração e remoção das camadas superficiais da pele. Com essa técnica, é possível remover até as estrias mais profundas.
  • Radiofrequência: Utilizando uma corrente de alta frequência, esse tratamento estimula a circulação sanguínea e a formação do colágeno na pele, removendo as marcas das estrias.

O que não fazer para remover as estrias?

Ao pesquisarmos sobre métodos para não ter estrias na gravidez, encontramos dicas, receitas e tratamentos caseiros que prometem eliminar as marcas. Porém, a maioria delas são ineficazes e podem prejudicar ainda mais a pele da mãe.

Em outros casos, realizar procedimentos dermatológicos com pessoas que não possuem conhecimento na área, pode comprometer a saúde da gestante e do bebê.

Gestante em consulta médica, para receber orientações de como evitar as estrias.
Consultar o médico ou profissional antes de iniciar qualquer tratamento é a melhor opção.

Os métodos para não ter estrias na gravidez quando realizados de forma correta, são seguros e podem evitar ou eliminar completamente as marcas que tanto incomodam as mães. Por isso, sempre se informe com o seu médico e tire todas as dúvidas.

No site da Farmadelivery, você encontra alguns dos produtos que falamos até agora e outras ofertas na categoria Mamãe e Bebê. Acesse e confira!


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Posts Similares