Folhas ao chão referentes ao outonooutono
|

Outono pede alguns cuidados com a saúde.

Nosso corpo sofre algumas alterações  no outono, tanto internas como externas.

No dia 20 de março, terminou a estação mais quente do ano e as temperaturas tendem a diminuir, por conseqüência do período de transição entre verão e inverno.

Essa época é caracterizada por exemplo em dias mais frios, menor umidade do ar, maior nível de poluição atmosférica e a mesma duração dos dias e das noites.

Algumas dessas alterações no nosso corpo podem ser boas , outras nem tanto, como exemplo a maior facilidade de pegar um resfriado ou uma gripe, aliás, sabe a diferença entre eles?

Confira abaixo quais são as mudanças que acontecem em nosso corpo.

Batimento cardíaco acelera

Para aumentar  a temperatura do nosso corpo, os nossos vasos sanguíneos se contraem para conservar calor.

Batimento cardíaco com formato de coração
Para conservar calor nossos vasos sanguíneos se contraem.

Ou seja, é gerado um aumento na pressão arterial, um aumento mínimo, que pode não fazer diferença.

No entanto, caso você sofra de pressão alta é sempre bom ter uma atenção maior nessa época.

Quanto mais dorme, mais sono

O que acontece é a hipersonia, contrário da insônia, onde a pessoa acaba dormindo mais.

O sono costuma aumentar em média duas horas no outono, mas o relógio biológico fica desregulado, devido a menor exposição ao sol durante o outono.

Mulher bocejando em frente ao computador
Hipersonia é o contrário da insônia.

Vale lembrar que a estação passada foi o verão, que tem os dias maiores que as noites, ou seja, maior exposição ao sol.

Vontade de sair de casa diminui

Quem nunca se desanimou assim que notou aquele céu escuro antes de sair?

No outono isso se torna mais frequente e a vontade de ficar em casa é recorrente.

mulher feliz falando no celular
O contato com amigos não acaba, só muda de forma.

O que aumenta o uso de celulares para se comunicar com os amigos/ socializar.

Isso não significa que o contato com a família e amigos diminua, só muda de forma.

Desidratação no outono

No calor é difícil se esquecer de beber água, até porque a sede está quase sempre presente.

Quando a temperatura diminui, consequentemente a sede fica menor aumentando o risco de desidratação.

pessoa segurando uma xícara de chá
Chá e café causam uma desidratação adicional.

A tendência é diminuir o consumo de água, pois o corpo não manda “sinais” de que é necessário beber água.

No outono quando a temperatura diminui, outro costume é tomarmos mais bebidas quentes, como chá e café, que são diuréticas, ou seja causam uma desidratação adicional.

Mesmo no outono obrigue-se a beber água!

Cuidados com a pele

A pele é o nosso maior órgão e um dos que mais exige  cuidados no outono, como o clima esfria e fica seco, o ressecamento é inevitável.

rosto mostrando diferença entre cuidados com a pele
A pele é um dos órgãos que mais exige cuidados no outono.

Uma boa opção para evitar o tempo seco em ambientes é a utilização de umidificadores.

Para cuidar corretamente da pele são necessários alguns cuidados, como exemplo: mantê-la hidratada e evitar banhos demorados.

Banhos no outono

No frio um banho quente é indispensável, porém é necessário contar o tempo que se passa no chuveiro.

Pessoa diminuindo temperatura do chuveiro
Água quente em excesso prejudica a camada externa da pele.

Água quente em excesso prejudica a camada externa da pele, pois retira a camada protetora de gordura presente, além de estimular a abertura dos poros, podendo causar coceiras.

Use sempre sabonete neutro e não esqueça dos hidratantes.

Hidratação da pele

Já existindo o cuidado com a hidratação, ela só precisa ser mais constante, caso não exista o hábito de usar hidratantes, é bom investir nesses produtos nessa época, principalmente para o rosto e mãos.

pessoa hidratando sua mão com creme
O cuidado com a hidratação no outono deve ser constante.

Os lábios também não devem ser esquecidos, sua falta de hidratação pode causar rachaduras e ferimentos mais facilmente que no rosto por exemplo.

Protetor Solar no outono

O protetor solar é indispensável mesmo quando o sol não aparece no céu e o tempo fica nublado, pois  mesmo sobre as nuvens a pele continua exposta aos raios ultravioleta.

mulher passando protetor solar no rosto
O protetor solar é indispensável mesmo quando o sol não aparece.

Os raios UVB causam vermelhidão, esses em menor quantidade no tempo nublado do outono, já os raios UVA atingem uma camada mais profunda e provocam envelhecimento precoce da pele.

Doenças no outono

É comum as pessoas ficarem mais próximas e em lugares fechados, o que pode aumentar a incidência de algumas doenças transmitidas pelo ar, como a gripe e o resfriado, que podem ser passados quando o doente tosse, fala ou espirra.

mulher limpando o nariz
Doenças como gripe e resfriado são transmitidos por tosse, fala e espirros.

Essas doenças costumam afetar diretamente o sistema respiratório.

As mais comuns no outono são: pneumonia, sinusite, rinite, bronquite, laringite entre outras.

Gripe x Resfriado

Gripe e resfriado são exemplos simples de doenças comuns nos tempos frios como o outono.

Essas enfermidades costumam ser confundidas.

A gripe é causada somente pelo vírus influenza, enquanto os resfriados, por muitos outros, como o rinovírus.

Conheça um pouco mais sobre elas a seguir:

Resfriado

Uma das principais diferenças é com certeza o vírus, que no caso dos resfriados é o rinovírus.

Como existem mais de 160 tipo de rinovírus diferentes é possível pegar vários resfriados durante o ano.

vírus causador do resfriado
O resfriado é principalmente transmitido pelo rinovírus.

Embora nosso sistema imunológico seja capaz de se defender de um mesmo tipo de vírus, através de anticorpos, vai apresentar dificuldades para se defender de um vírus diferente.

Transmissão de resfriado

O resfriado é facilmente transmitido por espirros, tosses, e até mesmo pelas mãos.

A incidência aumenta no outono e qualquer clima frio pois as pessoas costumam ficar aglomeradas e em locais fechados, o que ajuda a propagar o vírus.

Sintomas de resfriado

Os sintomas de maneira geral permanecem entre nariz e garganta.

São exemplos a tosse, secreção nasal, coriza, leve dor no corpo e dor na garganta, não costuma causar febre, quando causa é bem leve.

Homem limpando o nariz em frente ao computador
Tosse, secreção nasal e coriza são alguns dos sintomas do resfriado.

O afetado fica indisposto e cansado, porém ainda consegue realizar suas atividades rotineiras.

Prevenção de resfriado

Não há vacina devido a variedade e constante mutação do vírus, a melhor forma de prevenir é:

  • lavar as mãos de maneira constante;
  • não compartilhar objetos pessoais;
  • manter ambientes ventilados;
  • cobrir a boca ao tossir ou espirrar.

Tratamento para resfriado

Não existe remédio que cure resfriado, por outro lado existem medicamentos que servem para aliviar os sintomas.

Mulher tomando água
Beber bastante líquido é uma forma de tratar o resfriado.

Outras formas de tratamento são: repouso, beber bastante líquido e lavar as narinas com soro fisiológico.

Gripe

A gripe é causada pelo vírus influenza e seus sintomas são mais intensos do que um resfriado.

Pode durar vários dias além de gerar complicações como pneumonia.

vírus causador da gripe
A gripe é causada pelo vírus influenza.

É mais frequente em tempos frios onde a baixa temperatura e o tempo seco, ajudam na propagação desse vírus

Transmissão de gripe

A Facilidade de propagação do vírus influenza no outono se beneficia do fato das aglomerações de pessoas, comuns em tempos frios.

Espirros e tosses também são as principais formas de transmissão.

Sintomas de gripe

Alguns exemplos de sintomas são: febre alta, cansaço, tosse seca, dores no corpo, garganta e cabeça.

homem com febre e dor de cabeça
Febre alta e dor de cabeça são exemplos de sintomas da gripe.

No caso da gripe, a febre costuma durar três dias em média.

A gripe costuma “derrubar”, deixa a pessoa de cama, como resultado ela não consegue nem trabalhar.

Prevenção de gripe

A melhor maneira de se proteger da gripe é a vacina, mesmo com as mutações que o influenza sofre.

Os médicos alertam que sua eficácia não é de 100%, mas que, no mínimo, a injeção garante sintomas mais amenos.

Há também a vacina antipneumocócica, que protege contra pneumonias, otites e meningites.

Tratamento para gripe

O tratamento é parcialmente igual ao do resfriado, pode ser tratado com analgésicos(aliviam a dor) e antitérmicos (aliviam a febre muito alta).

Também é importante manter os cuidados com a higiene além de se manter hidratado.

mulher de repouso após tomar seus remédios
Pode ser tratada com analgésicos e antitérmicos.

Agora que já conheceu um pouco das mudanças que nosso corpo passa no outono e até algumas doenças comuns dessa estação, aproveite essas dicas para ter um outono mais tranquilo e se preparar para o inverno.

A Farmadelivery possui várias opções de analgésicos e antitérmicos, hidratantes e dermocosméticos no geral para manter sua pele sempre bem cuidada, além de nebulizadores e umidificadores para ajudá-lo nesses tempo seco.


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Posts Similares