Tire suas dúvidas e saiba a importância da vacinação contra Covid para crianças.
|

Vacinação contra Covid para crianças: Tire suas dúvidas!

No dia 5 de Janeiro tivemos o anúncio do Ministério da Saúde sobre a liberação da vacinação contra o novo Coronavírus para crianças com idades entre 5 a 11 anos. No entanto, a vacinação contra Covid para crianças vem gerando bastante controversa e dúvida entre os pais e responsáveis.

Apesar da decisão não tornar obrigatória a vacinação, o medo surge em torno das questões referentes aos efeitos colaterais e, também pela falta de informação.

Portanto, para esclarecer as dúvidas sobre a vacinação contra Covid para crianças, desenvolvemos esse conteúdo com as principais informações. Leia até o final e saiba mais!

+ Para saber mais, acesse também: Covid em crianças: Saiba como identificar e o que fazer.

Como irá funcionar a vacinação?

O início da vacinação será agora no mês de Janeiro e será realizada por faixa etária, com prioridade para as crianças que possuem comorbidades ou deficiências permanentes.

O Ministério da Saúde recomenda que os pais busquem recomendação prévia médica antes da imunização.

Além disso, a vacinação dor será feita com o imunizante da Pfizer, autorizado para aplicação no público infantil pela Agência Nacional Vigilância Sanitária – Anvisa, com o intervalo de 8 semanas entre a primeira e a segunda dose.



Vacinação contra Covid para crianças em outros países

No mundo, mais de 30 países já autorizaram ou iniciar a vacinação contra o novo Coronavírus em crianças menores de 12 anos. Veja a baixo alguns dos países que já tomam essa atitude:

  1. Alemanha
  2. Argentina
  3. Bélgica
  4. Bolívia
  5. Canadá
  6. Chile
  7. China
  8. Cuba
  9. Equador
  10. Emirados Árabes Unidos
  11. Espanha
  12. Estados Unidos
  13. França
  14. Grécia
  15. Israel
  16. Itália
  17. Portugal
Criança recendo vacina de um profissional da saúde.
Mais de 5 milhões de crianças já foram vacinadas contra Covid-19 nos Estados Unidos.

Vale destacar que, na maioria dos países o imunizante aplicado é o da Pfizer/BioNTech, que possui eficácia de quase 91% na prevenção da doença em crianças pequenas. No entanto, há diversas vacinas sendo adotadas para essa faixa etária ao redor do mundo como, por exemplo, a Sinopharm, Sinovac (Coronavac) e Soberana 02.

Veja a baixo como irá funcionar a vacinação no Brasil:

1. Quando começa a vacinação?

A vacinação infantil já começou em diversas cidades, entre elas: Salvador, Florianópolis, Belo Horizonte, Recife, Fortaleza, Vitória, São Luís, Aracaju, Brasília e João Pessoa.

Além disso, nesta segunda feira (17), começou em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba a vacinação contra Covid para crianças.

O pais ou responsáveis devem acompanhar o procedimento de vacinação contra covid para crianças.
 No Brasil, o imunizante da Pfizer é o único autorizado para uso em crianças e adolescentes.

2. A vacina é segura para crianças?

Sim. Conforme especialistas, os benefícios que a vacina contra Covid-19 proporciona, superam os riscos.

A Covid-19 é uma doença viral prevenível por vacina que mais mata crianças.

Só no Brasil, mais de 2.500 crianças e adolescentes que perderam a vida para a Covid-19, em dois anos de pandemia. Contudo, se somarmos todas as mortes por coqueluche, diarreia, sarampo, gripe, meningite, o número ainda seria muito menor.

+ Para mais informações, acesse também: Vitaminas para crianças – Quais são as mais importantes?

3. Qual a ordem de prioridade?

Conforme foi divulgado em nota técnica pelo governo, a ordem de prioridade na imunização será:

  1. Inicia com crianças com deficiência permanente ou com comorbidades de 5 a 11 anos;
  2. Crianças indígenas e quilombolas
  3. Crianças que convivam com pessoas com alto risco para evolução grave de Covid-19,
  4. Por fim, crianças sem comorbidades, em ordem decrescente de idade, ou seja, primeiro, as de 10 e 11 anos; depois, as de 8 e 9 anos; em seguida, as de 6 e 7 anos; e, por último, as crianças de 5 anos.
A vacinação contra covid para crianças deve ser realizada por um profissional da saúde habilitado.
Ao todo, mais de 20 milhões de doses destinadas ao público infantil chegarão até Março.

4. É necessário apresentar receita médica para vacinar a criança?

Não, mas o Ministério da Saúde orienta que os pais procurem a recomendação de um médico antes da imunização, no entanto, não será exigido a receita médica para aplicação da vacina.

Além disso, a autorização por escrito só é necessária se não houver a presença dos pais ou responsável legal no momento em que a criança for vacinada.

+ Para saber mais, leia também: 10 Dicas de fontes naturais de Vitamina C para crianças.

5. Qual será a quantidade e o intervalo entre as doses?

Assim como em adultos, a vacinação será realizada em dias dozes com intervalo de 21 dias. Porém, a dosagemcomposição e a concentração são diferentes da utilizada em adultos.

Veja a seguir, as principais diferenças entre as duas formulações:

CARACTERÍSTICASCrianças de 5 a 11 anosPessoas de 12 anos ou mais
Dose10mcg30mcg
Concentração RNAm 0,1mg/mL 0,5mg/mL0,3mL
Volume0,2mL0,3mL
Doses por frasco106
Diluente1,3mL1,8mL
Armazenamento10 semanas em 2°C a 8°C1 mês em 2°C a 8°C
Fonte: Agência Nacional Vigilância Sanitária – Anvisa

Além disso, o frasco da vacina infantil terá cor diferente da que é aplicada em adultos, para facilitar a diferenciação.

6. A criança pode tomar a vacina da Covid junto com outra do calendário infantil?

A agência não recomenda e orienta que haja um tempo mínimo de 15 dias entre a aplicação da vacina da Covid e outras vacinas do calendário.

7. Quais as reações adversas da vacinação contra Covid para crianças?

As crianças apresentam sintomas mais frequentes semelhantes aos das pessoas com mais de 12 anos e, geralmente são leves ou moderados e costumam desaparecer dias após a vacinação. Veja:

  • Dor, vermelhidão e inchaço no local da injeção;
  • Cansaço;
  • Dor de cabeça;
  • Dores musculares e calafrios.


Resumo: Vacinação contra Covid para crianças

A vacinação em crianças já sendo realizada em diversos países por todo o mundo e vem apresentando bons resultados, onde os benefícios superam os riscos.

Portanto, apesar de não ser obrigatório, é muito importante garantir a imunização das crianças, para evitarmos os alto número de mortes por uma doença que já conta com doenças para seu combate.

Sendo assim, se ainda houver dúvidas, consulte o médico pediatra para mais informações e outras orientações. Além disso, não se esqueça de reforçar com as crianças o distanciamento social, o uso máscaras e higienização das mão.

Lembre-se também que na Farmadelivery você encontra diversos produtos para a saúde e bem-estar de toda família. Acesse e confira todas as ofertas!


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Stories para você

Veja 3  receitas para eliminar catarro
Veja 3 receitas para eliminar catarro
5 doenças comuns do tempo frio.
5 doenças comuns do tempo frio.
Gripe e resfriado: Você sabe quais são as diferenças?
Gripe e resfriado: Você sabe quais são as diferenças?
O que o diabético pode comer sem culpa e sem prejuízo para saúde?
O que o diabético pode comer sem culpa e sem prejuízo para saúde?

Posts Similares