Vitaminas para gestantes são essenciais para uma gravidez saudável.
| |

Vitaminas para Gestantes – Quais a grávida deve tomar?

A saúde da mulher durante a gravidez requer um cuidado especial e, por isso, algumas delas necessitam realizar uma suplementação com vitaminas para gestantes. No entanto, muitas desconhecem a real função desses suplementos e qual a importância dos nutrientes durante a gravidez.

Esses vitaminas, também conhecidas como suplementos pré-natais, possuem fórmulas e concentrações de vitaminas e minerais que são seguras para organismo da mãe e do bebê e, seu uso só é permitido após avaliação e indicação médica.

Sendo assim, neste artigo você vai entender a importância das vitaminas para gestantes, quais são as principais delas, como elas contribuem para a saúde da mãe e do bebê, entre outras informações. Leia a matéria até o final e saiba mais!

Veja também: Gripe durante a gravidez – O que pode tomar e como tratar?

Porque as vitaminas são importantes para gestantes?

As vitaminas são substâncias orgânicas e nutrientes necessárias para a saúde do corpo humano. Suas principais funções é manter o sistema imunológico saudável e o funcionamento correto do metabolismo, promovendo saúde e bem-estar de todos.

Porém, durante a gestação é muito importante que o níveis vitamínicos estejam de acordo, pois além de prevenir que a mãe adoeça, elas ajudam na formação e no crescimento saudável do feto.

Ou seja, o bebê para se desenvolver necessita de nutrientes e, quando não recebe quantidades suficientes para isso, ele começa a retirar do organismo da mãe. Deste modo, a mulher desenvolve uma deficiência nutricional, pondo em risco sua saúde e gravidez.

Veja as principais causas que alteram os níveis de vitaminas no organismo da mulher durante a gravidez:

  • Dificuldade em absorver o que é ingerido pela dieta alimentar;
  • Má alimentação e carência de ingestão de vitaminas ou minerais.
As vitaminas para gestantes devem ser consumidas somente com a orientação médica.

Neste caso, somente o profissional da saúde pode identificar se a mulher está com os níveis baixos de vitaminas, realizando o diagnóstico a partir de exames de sangue.

Além disso, o problema é tratado com suplementação vitamínica. Sendo assim, vale ressaltar que a suplementação pode ser necessária em algum momento durante a gestação. Algumas mulheres podem iniciar o tratamento durante o planejamento, no decorrer da gestação e até mesmo enquanto está amamentando.

Porém, lembre-se que durante a gestação tudo pode ser um fator de risco. Portanto , para garantir maior segurança, não use nenhum medicamento sem o acompanhamento médico.



Quais são as principais vitaminas para gestantes?

Como foi dito anteriormente, o papel principal das vitaminas para gestantes é evitar o desenvolvimento de doenças e manter o organismo da mãe funcionando corretamente, além de garantir o crescimento saudável do bebê.

Sendo assim, saiba quais são as vitaminas e minerais indispensáveis para se ter uma gestação saudável e como elas contribuem para a saúde da mamãe e do bebê:

Ômega 3

São diversos os benefícios que o Ômega 3 proporciona, mas durante a gravidez, ele favorece o desenvolvimento cerebral e melhora a acuidade visual da criança. Além disso, o nutriente ajuda a diminuir o risco da mãe desenvolver depressão durante a gravidez.

Complexo B

As vitaminas que compõem o Complexo B contribuem na formação de novas células e são fundamentais para o bom desenvolvimento e formação do sistema nervoso e coração do feto. Entre elas, as principais são:

  • Vitamina B9 (Ácido Fólico): Para a mulher, a vitamina contribui para a formação de proteínas estruturais da hemoglobina. Para o bebê, ela é essencial desde o início da gestação, pois atua na formação do tubo neural, parte do corpo onde se formam a medula espinhal e o cérebro.
  • Vitamina B6: Importante para o desenvolvimento do sistema nervoso do bebê, a vitamina também ajuda no controle dos enjoos durante a gestação.
Fazer a reposição dos nutrientes durante a gestação é fundamental para a saúde da mulher e do bebê.

Vitamina A

Importante para a mãe e para o bebê, a Vitamina A contribui para o desenvolvimento celular, melhora do sistema imunológico e diminui o risco de infecções. Além disso, ajuda no crescimento e no desenvolvimento da visão do feto.

Por outro lado, deve-se ter cuidado quanto ao seu consumo. Isso porque, segundo estudos, a vitamina A em excesso pode prejudicar a formação do feto e, alguns podem nascer com lábio e palato fendidos e malformações no cérebro e coração.

Para mais informações, consulte o artigo Vitamina “A” na Gestação e Lactação – Recomendações e relatório de uma consultoria, produzido pela Organização Mundial de Saúde (OMS), com publicação e tradução feita pelo Centro Colaborador de Alimentação e Nutrição do Nordeste I de Recife.

Vitamina C

Vitamina C é um dos nutrientes mais importantes para a saúde das gestantes. A vitamina participa da produção do colágeno e elastina, proteínas fundamentais para a saúde das cartilagens, ossos, tendões e pele, prevenindo o surgimentos de estrias gestacionais e outros problemas.

A vitamina C pode ser obtida pela suplementação ou pelo consumo de alimentos ricos no nutriente, como a laranja.

Outro benefício da vitamina C, é que ela atua na imunidade, diminuindo os riscos da mãe contrair gripes e resfriados durante a gestação. Porém, assim como o exemplo anterior, o excesso de vitamina C pode trazer riscos a saúde da gestantes, aumentando as chances de formação de cálculos renais nas mulheres.

Acesse também: Quais os alimentos ricos em vitamina C?

Vitamina D

Outro nutriente que não pode faltar para as gestantes é a Vitamina D. Essa substância ajuda a manter a placenta e a bolsa amniótica protegidas, diminuindo as chances de ruptura prematura da bolsa no decorrer da gestação.

Ferro

O Ferro, é fundamental para a produção de hemoglobina, que é a proteína do sangue. Sua principal função é carregar oxigênio para todas as células do corpo.

Além disso, esse mineral também contribui reforçando o sistema imunológico, essencial para o combate de doenças.

Zinco

O Zinco, quando em quantidades regulares no organismo, é responsável pelo desenvolvimento cognitivo e neurológico do feto. Já para saúde da gestante, o nutriente contribui para a melhoria na cicatrização.

Cálcio

Por ultimo e, não menos importante, o Cálcio é fundamental para a formação óssea do bebê e para a estrutura de seus futuros dentes

Além disso, quando o bebê não recebe a quantidade ideal de Cálcio para se desenvolver, pode levar à retirada do cálcio dos ossos da mãe para suprir as sua necessidades, por isso, é muito importante manter os níveis adequados do nutriente.

O leite é um alimento rico em cálcio e importante para o desenvolvimento do bebê.

Como repor as vitaminas para gestantes?

A forma mais eficaz de realizar a reposição é por meio de suplementação vitamínica. Neste caso, o obstetra deve identificar quais são as necessidades da gestante com base em resultados de exames para fazer a indicação correta.

Os suplementos vitamínicos possuem formulações especiais para gestantes e é possível encontrá-los em diversas apresentações.

Entre as opções, existem os compostos vitamínicos completos, que como o nome já diz, são completos e possuem diversos nutrientes em um único produto. Além disso, existem os suplementos de reposição específica, estes já são indicados nos casos onde a deficiência é de um nutriente específico como, por exemplo, o ácido fólico.



A alimentação ajuda a repor vitaminas na gestação?

A alimentação, é outra forma eficiente para a mãe obter todas as vitaminas que necessita. Porém, é necessário que o profissional da saúde avalie a necessidade de uma dieta especial, como método único ou associado aos suplementos vitamínicos.

Uma boa alimentação é capaz de promover todas as vitaminas necessárias para gestantes.

Estudos realizados pela Associação Brasileira de Nutrologia (ABRAN), afirmam que os cuidados com a alimentação materna é um fator importante durante a gestação e o pós-parto, pois além de prover saúde e bem-estar para as mães e seus filhos, pode influenciar no bom desenvolvimento das futuras gerações.

Veja alguns exemplos de alimentos que fornecem vitaminas ao corpo da mãe:

  • Carne vermelha é uma fonte ricas em ferro;
  • Peixes e castanhas como nozes e amêndoas fornecem altas concentrações de Ômega 3
  • Frutas como laranja e acerola, são ricas em Vitamina C;
  • Legumes como cenoura e abóbora, são fontes de Vitamina A;
  • Legumes verde escuro como couve e espinafre, ajuda repor o ácido fólico.

Portanto, é sempre uma boa opção pedir orientação ao seu médico sobre como manter uma alimentação adequada e rica em nutrientes.



Agora que você já descobriu qual é a função das vitaminas para gestantes, já pode ficar despreocupada quando houver a necessidade de tomar alguma delas. No entanto, se ainda houver dúvidas, não deixe de questionar o seu médico.

E não se esqueça de acessar o site da Farmadelivery para garantir as melhores ofertas em itens para Mamãe e Bebê. Entre e aproveite!


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Posts Similares