O que o diabético pode comer sem culpa e sem prejuízo para saúde?

0
1759
o que o diabético pode comer
o que o diabético pode comer

Muitas pessoas acreditam que depois de ser diagnosticado com diabetes é necessário começar uma dieta restritiva que durará o resto da vida. Embora existam alguns alimentos que realmente devam ser evitados, o cardápio não precisa ser tão radical. Mas você sabe o que o diabético pode comer?

Uma dieta balanceada significa pensar na quantidade e qualidade dos alimentos. Enquanto alimentos como legumes são consumidos em quantidades maiores, doces e sobremesas devem ser limitados a porções pequenas e em ocasiões especiais.

Para que você entenda o que uma pessoa com diabetes pode comer sem se preocupar com a saúde, separamos uma lista completa de alimentos que não são prejudiciais para esses pacientes. Veja logo abaixo!

O que o diabético pode comer?

Legumes e verduras

Além de serem ricos em vitaminas e minerais, esses alimentos ainda são fontes de fibras que ajudam a regular a glicemia. Porém, é importante saber quais desses vegetais possuem menos carboidratos, como por exemplo:

Cupom de Desconto Farmadelivery
  • chuchu;
  • vagem;
  • brócolis;
  • espinafre;
  • repolho;
  • couve-flor;
  • alface;
  • jiló;
  • pepino.
o brócolis e a couve-flor fazem parte da lista do que o diabético pode comer
o brócolis e a couve-flor fazem parte da lista do que o diabético pode comer

Esses com baixo índice glicêmico podem ser consumidos em maiores quantidades, diferente da batata, mandioca e mandioquinha, por exemplo.

Carnes e peixes

As carnes e peixes são ricos em proteínas, que fornecem uma maior sensação de saciedade e evita que o paciente sinta fome durante as refeições. No entanto, fique atento não consumir quantidades muito altas de proteínas, além de evitar óleos na hora do preparo. 

Prefira grelhar as carnes ou assá-las.

Grãos integrais

A farinha de trigo, macarrão e arroz integrais são bem-vindos em uma dieta para diabéticos, já que são ricos em fibras e importantes para o controle do índice glicêmico. O mesmo acontece com a aveia, que pode ser adicionada em iogurtes sem adição de açúcar.

Leite e derivados

Engana-se quem acredita que o leite e seus derivados devem ser evitados por quem é diabético. No entanto, na hora de escolher os iogurtes é importante focar naqueles que não possuem adição de açúcar, além de diminuir o consumo do leite por ser rico em lactose, um tipo de açúcar, e caseína, uma proteína. Ambos em excesso podem aumentar a glicose no sangue.

prefira iogurtes naturais sem adição de açúcar
prefira iogurtes naturais sem adição de açúcar

Além disso, é essencial dar preferência para o leite desnatado, que contém menos gordura em sua composição.

Leguminosas

Feijão, grão-de-bico, ervilha e lentilha, além de nutritivos, ajudam a dar mais saciedade, diminuindo as chances de pessoas diabéticas comer mais do que é permitido durante as refeições.

Gorduras boas

O azeite de oliva, óleo de coco e o abacate são exemplos de gorduras boas que auxiliam na saúde do coração e do metabolismo, ajudando a controlar a glicemia. Com isso, podem ser consumidos sem culpa por quem tem diabetes, atentando-se apenas às calorias.

Cacau em pó

Assim como o chá-verde, o cacau em pó é rico em flavonóides, compostos fenólicos que atuam como antiinflamatório e antioxidante natural. Quando consumidos com regularidade, beneficiam o cérebro, vasos, coração e metabolismo.

O consumo de pelo menos 50g de cacau em pó por semana pode reduzir o risco de isquemias e hemorragias cerebrais, o que é importante para pacientes diabéticos que são mais propensos a desenvolverem esse problema.

o cacau em pó ajuda a prevenir complicações da diabetes
o cacau em pó ajuda a prevenir complicações da diabetes

Mas é importante ficar atento e não confundir o cacau em pó com chocolate em barra. Apesar de chocolates amargos terem mais concentrações de cacau, grande parte deles recebem adição de açúcares em seus ingredientes. No entanto, os diabéticos podem optar por consumir de 1 a 2 vezes na semana o chocolate 85% cacau sem adição de açúcares, o que também trará benefício para a saúde.

O que o diabético deve evitar?

Sobremesas

As sobremesas não precisam ser eliminada na dieta de um diabético que esteja com sua glicose controlada. Em casos de pessoas que acabaram de descobrir a doença e estão em estado crítico, é necessário banir esse tipo de alimento por um período.

Contudo, eles podem ser reintegrados no plano alimentar para serem consumidos em quantidades menores e em ocasiões especiais, desde que o nutricionista libere.

Pães e massas

Os alimentos industrializados como pães, massas, biscoitos recheados e bolos prontos são exemplos de alimentos ricos em açúcares e carboidratos refinados, e não devem ser consumidos por diabéticos a menos que a nutricionista libere pequenas porções com menos frequência.

Mel e adoçantes naturais

O mel e o melaço de cana, por exemplo, são ricos em frutose, um tipo de açúcar presente nas frutas.

Apesar de ser natural, esse açúcar prejudica a saúde dos diabéticos por aumentar os níveis de açúcar no sangue, sendo esse um dos motivos que faz com que as frutas em geral sejam proibidas para esses pacientes.

Leia também Quais frutas o diabético não pode comer?

Na hora de substituir o açúcar, prefira sempre adoçantes como o stevia, que foram formulados para não aumentar a glicose no sangue especialmente de diabéticos.

O mesmo vale para quem tem diabetes tipo 1?

Os alimentos permitidos e proibidos são válido para os 2 tipos de diabetes. Contudo, no tipo 1 os pacientes devem ficar atentos a quantidade que consome de cada grupo alimentar, que deve estar de acordo com o histórico da glicemia e do uso da insulina.

Quais os alimentos permitidos para quem tem diabetes gestacional?

A lista de alimentos proibidos e permitidos também é a mesma para as mulheres que sofrem de diabetes gestacional. No entanto, é necessário um cuidado maior referente às quantidades, já que a hiperglicemia e a hipoglicemia são prejudiciais para o feto.

Além de procurar uma nutricionista, a mulher grávida que desenvolveu diabetes deve investir em vegetais e frutas, que nesses casos são controladas e em porções relativamente maiores do que em pacientes diabéticos comuns.

mulheres que desenvolvem diabetes gestacional devem dar preferência para legumes e verduras
mulheres que desenvolvem diabetes gestacional devem dar preferência para legumes e verduras

Na hora de trocar alimentos refinados por integrais, é bom ficar de olho na quantidade consumida, já que apesar de terem mais fibras esses alimentos também são ricos em carboidratos, aumentando a glicose no sangue se consumidos em excesso.

Agora que você viu o que o diabético pode comer, consulte um nutricionista para montar um plano alimentar de acordo com o seu caso. Isso porque cada paciente pode precisar de quantidades diferenciadas de vegetais e frutas, além de terem alimentos específicos proibidos no plano alimentar,.

Diabetes na Farmadelivery

A diabetes é uma doença que atinge milhares de pessoas do mundo todo, de adultos até crianças e adolescentes. Se você já se consultou com um médico e sabe quais medicamentos usar, a farmadelivery pode lhe auxiliar com ótimos preços nos aparelhos medidores de glicemia e diabetes, agulhas e seringas de insulina e com todo leque de opções que da líder mundial Accu-Chek!