Saiba qual valor da glicemia é considerado para confirmar diabetes.
| |

Valor da glicemia: É considerado diabetes a partir de quanto?

Uma das maneiras mais usadas para diagnosticar a diabetes é medindo o valor da glicemia no sangue. Assim, é possível indicar que a insulina não está agindo como deveria dentro do organismo. Mas a partir de qual valor é considerado diabetes?

Conforme dados do Ministério da Saúde, o Brasil é o 5º país com o maior índice de diabetes no mundo. Em média, 9,3% dos adultos, entre 20 e 79 anos brasileiros são diabéticos, enquanto uma grande parcela ainda não foi diagnosticada.

Portanto, para esclarecer algumas dúvidas sobre o assunto, veja a seguir qual é o valor da glicemia no sangue determinante para diabetes. Leia o conteúdo até o final e saiba mais!

+ Para mais informações, acesse também: Sintomas de diabetes – Quais são e como identificar?

Considera diabetes a partir de qual valor da glicemia?

Primeiramente, é importante saber que para um paciente ser diagnosticado com diabetes ele deve passar por vários exames que comprovem as suspeitas. Afinal, nem sempre níveis altos da glicemia significam que o paciente seja diabético.

O primeiro exame a ser feito para identificar a diabetes é a glicemia de jejum.
O primeiro exame a ser feito para identificar a diabetes é a glicemia de jejum.

Para que uma pessoa seja diagnosticada com diabetes ela deve apresentar:

  • Glicemia de jejum maior ou igual a 125 mg/dL em duas ocasiões diferentes;
  • Glicemia em qualquer horário maior do que 200mg/dL;
  • Hemoglobina glicada maior ou igual a 6,5%.

Ou seja, mesmo que o exame de glicemia de jejum tenha dado um resultado alterado, é necessário investigar mais afundo antes de afirmar que você é uma pessoa diabética. Isso porque só é considerado diabetes a partir de 125 mg/dL se os outros exames também apresentarem alterações.

+ Leia também: O que é bom para baixar a glicose?

É possível baixar o valor da glicemia no sangue?

Sim! Além disso, pessoas não diabéticas ou que ainda estão em fase pré-diabética, é possível tomar algumas medidas que ajudem a reduzir a glicemia e as chances do desenvolvimento da diabetes tipo 2. Veja a seguir 12 formas de controlar os valores da glicose no sangue:



1. Consuma vegetais sem amido

Os vegetais com amido como batata, cenoura e mandioca, por exemplo, estimulam a produção de insulina e aumentam os níveis de glicose no sangue.

Couve e brócolis são vegetais sem amido que podem diminuir o valor da glicemia.
Couve e brócolis são vegetais sem amido que podem diminuir o valor da glicemia.

Portanto, opte por consumir vegetais sem amido como couve-flor, brócolis, folhas verdes, vagem e pepino ajudam a manter a glicemia controlada.

2. Reduza a ingestão de carboidratos

Pães, massas e bolos devem ser consumidos esporadicamente, já que também aumentam os níveis de glicose no sangue. O mesmo acontece com sobremesas, bebidas açucaradas, arroz e até mesmo o mel.

3. Opte por alimentos fontes de fibras

Para controlar o açúcar do sangue, em uma refeição de aproximadamente 25% de carboidrato, é necessário ingerir pelo menos 10g de fibras.

Portanto, tente incluir em suas refeições alguns dos seguintes alimentos para adquirir as quantidades necessárias do nutriente:

  • Leguminosas – Feijão, ervilha, lentilha, grão de bico, soja em grão;
  • Oleaginosas – Nozes, castanhas, amêndoas e pistache;
  • Frutas – Maçã, pera, goiaba, caqui, abacate, figo, pêssego
  • Cereais – Aveia, cevada, granola, gérmen de trigo e milho;
  • Alimentos integrais – Pães, arroz e massas integrais.

4. Controle os níveis de estresse

O estresse pode ser um dos motivos da glicose alta no sangue, da hipertensão e do aumento da frequência cardíaca.

Portanto, é importante buscar opções que ajudem a aliviar o estresse e a manter a mente relaxada, como por exemplo, uma boa noite de sono, a prática de atividades físicas e hobbies como leitura e jardinagem.

5. Tenha sempre lanches de emergência por perto

Com a correria do dia a dia é bastante comum que em algum momento seja necessário pular o almoço e partir para um lanche. O problema, porém, é que fora de casa os lanches mais práticos são cheios de carboidratos e açúcares, o que contribui para o aumento da glicemia.

Tenha sempre frutas permitidas por perto.
Tenha sempre frutas permitidas por perto.

Sabendo disso, tenha sempre em mãos barrinhas de cereais sem açúcar ou uma fruta de baixo índice glicêmico.

+ Para mais informações, leia também: Quais frutas o diabético não pode comer? E quais são recomendadas?

6. Pratique exercícios físicos

Além de reduzir o estresse, os exercícios físicos ajudam a baixar a glicose no sangue quando feito de duas a três vezes por semana, durante 30 minutos. Além disso, a prática de atividades físicas contribui para:

  • Diminuir a pressão alta;
  • Tornar o corpo mais resistente à insulina;
  • Promover a perda de peso;
  • Diminuir o colesterol e triglicérides.


7. Mantenha-se hidratado

A água é um elemento essencial para a manutenção do nosso organismo e, isso inclui o controle dos níveis de açúcar no sangue.

Isso ocorre, pois a hidratação costuma abaixar os níveis de glicose no sangue. Conforme estudo realizados na França, pessoas que consomem mais de 1 litro de água potável, obtêm maior controle do nível de glicose no sangue. Portanto, a água é grande aliada para quem tem diabetes.

8. Adicione canela na sua alimentação

A canela ajuda a diminuir o açúcar no sangue e o risco da diabetes tipo 2. Além disso, a especiaria atua diminuindo a glicemia quando o paciente está em jejum. Sendo assim, você pode adicioná-la em sucos, vitaminas e receitas de sobremesas diet.

9. Coma mais grãos integrais

Se possível, substitua o pão e arroz branco por opções integrais. Isso porque essa versão desses alimentos é mais rica em fibras, garantindo que os níveis de açúcar no sangue estejam sempre adequados. Além disso, eles contam com altos níveis de Ômega-3, magnésio, ácido fólico e cromo.

Alimentos integrais ajudam a controlar a glicemia quando consumidos com moderação.
Alimentos integrais ajudam a controlar a glicemia quando consumidos com moderação.

+ Para mais informações, leia também: Ômega 3: tudo o que você precisa saber

10. Tenha uma noite de sono adequada

Dormir bem ajuda a manter os hormônios equilibrados incluindo a insulina, hormônio que regula a glicose no sangue. Além disso, a falta de sono está diretamente relacionada ao aumento do apetite e acúmulo de gordura na cintura.

11. Adicione chá verde na sua dieta

O chá verde é rico em polifenóis, que ajuda no combate a diabetes e outras doenças. Essa bebida ainda auxilia na redução da ingestão de alimentos como açúcar e carboidratos, melhora a sensibilidade à insulina e previne a diabetes tipo 2.

12. Evite o consumo excessivo de bebidas alcoólicas

Por interferir na capacidade do fígado de aumentar a glicose no sangue, o álcool contribui para a hipoglicemia, que acontece quando os níveis de glicemia estão abaixo do normal.

Mas, quando presente em bebidas como a cerveja, o efeito é reverso e os níveis podem se elevar e ficar descontrolados. Além disso, considerando que muitas pessoas consomem petiscos ricos em carboidratos quando bebem, fica mais difícil manter o valor ideal da glicemia.



Sendo assim, agora que você já saber que é considerado diabetes a partir de 125 mg/dL de glicose no sangue, siga as nossas dicas se você ainda não foi diagnosticado com diabetes e principalmente se está no estágio da pré-diabetes.

Além disso, lembre-se que o conteúdo desta matéria não dispensa a avaliação médica. Portanto, consulte um médico para avaliar o seu quadro e eliminar todas as suspeitas da doença.

Diabetes na Farmadelivery

A diabetes é uma doença que atinge milhares de pessoas do mundo todo, de adultos até crianças e adolescentes.

Ou seja, se você já se consultou com um médico e sabe quais medicamentos usar, a Farmadelivery pode lhe auxiliar com ótimos preços nos aparelhos medidores de glicemia e diabetes, agulhas e seringas de insulina e com todo leque de opções que da líder mundial Accu-Chek!

Resumo: O que o diabético pode comer sem culpa e sem prejuízo para saúde?


Tudo o que você precisa para sua saúde e bem-estar!

Mais de 20 mil itens com os melhores preços do mercado!

Cadastre-se e receba um cupom de desconto em seu e-mail.

Stories para você

Quais as melhores opções de hidratante labial?
Quais as melhores opções de hidratante labial?
4 dicas para salvar sua pele no frio
4 dicas para salvar sua pele no frio
Hidratação Natural: Veja 3 dicas para manter a pele hidratada!
Hidratação Natural: Veja 3 dicas para manter a pele hidratada!
Por que os lábios ficam ressecados no frio?
Por que os lábios ficam ressecados no frio?

Posts Similares